Pseudociese – respire fundo, está tudo bem!

 
Minha cachorrinha engordou, começou a montar um ninho, às vezes fica agressiva e chegou a ter produção de leite nas glândulas mamárias. Minha cadela está grávida? Mas ela não cruzou, como isso?

Mais conhecida como gravidez psicológica, a pseudociese não é tão perigosa assim. Trata-se de um disfunção hormonal da progesterona (hormônio do sexo feminino) que faz com que a cadela acredite que esteja grávida mesmo não estando. Ocorre quando a cadela não é castrada, e quando ocorre uma vez, ela pode apresentar o problema novamente. Acontece pelo menos uma vez com 50% das cadelas que não são castradas, geralmente entre dois a quatro meses depois do último cio.

Comumente a cadela começa a juntar objetos, brinquedos ou sapatos e a cuidar como se fossem sua cria. Algumas fêmeas ficam bem irritadas se você tenta tirar dela, porque afinal pra ela está apenas defendendo sua cria. É indicado que os donos não tentem tirar os filhotes imaginários, pois isso pode deixar a cadela bem ansiosa e agressiva.

Preciso procurar um veterinário?

Sim. Embora na maioria das vezes as fêmeas retomem seu comportamento normal após cerca de duas semanas de “gravidez”, há casos em que a ajuda medicamentosa ou até cirúrgica como a castração pode ser indicada – o tratamento varia de acordo com os sintomas da cada fêmea. Além disso, o acúmulo de leite nas mamas pode gerar uma infecção conhecida como mastite ou empedramento do leite, causando dores, nódulos e tumores na área, além de muita irritação, e deve ser tratada rapidamente por um profissional. Infelizmente a falta de tratamento pode acarretar uma série de problemas bastante complicados, incluindo tumores, infertilidades e o câncer.

Sua melhor forma de prevenção é a castração, já que evita a produção dos hormônios ligados à gestação.

Por que acontece?

É uma questão comportamental. A origem desta disfunção hormonal vem da época em que os cachorros eram selvagens. Antigamente as fêmeas que ocupavam uma posição inferior na matilha tinham um aumento da produção de leite, de modo que podiam ajudar a alimentar os filhotes de uma mãezinha que tinha dado à luz recentemente.Com isso os filhotes cresciam fortes e saudáveis. Era uma questão de trabalho em grupo. Esse comportamento hoje não é mais funcional, porém foi mantido e ocorre ocasionalmente.

 
Obrigado pela visita, espero você mais vezes aqui!

Anúncios

Carteirinha de Vacinação em dia!

Logo nos primeiros meses de vida das nossas bolinhas de pelo, elas passam por uma série de cuidados e um deles é a vacinação. As vacinas são muito importantes para o crescimento saudável e preventivo do seu pet. Mas esse tema ainda causa algumas dúvidas como: “E se passar da época de tomar a primeira dose?” ou “Não tenho certeza se foi vacinado?” ou “Não sei quais vacinas são mesmo importantes” e muitas outras que permeiam o universo canino e seus cuidados.

vacinação

Completar o ciclo de vacinação é fundamental e obrigatório. Na fase inicial, o ciclo conta com 3 doses da vacina múltipla e uma anti-rábica, respeitando a seguinte ordem:

  • 1ª dose: a partir dos 45 dias é a primeira dose da múltipla (V8 ou V10). Dê preferência às importadas.
  • 2ª dose: ocorre com pelo menos 21 dias após a primeira dose (intervalo mínimo para a próxima dose), isso pode ocorrer aos 66 dias. (um pouco mais de 2 meses)
  • 3ª dose: mais 21 dias após a última vacina, será aplicada a terceira dose. (V8 ou V10)
  • A última vacina é a anti-rábica, que, dependendo da idade do filhote e do veterinário, poderá ser aplicada junto a 3ª dose (V8/V10). Mas pode ser aplicada separadamente também.
  • Depois do ciclo completo é preciso renovar anualmente uma dose da vacina múltipla e a uma da anti-rábica.

As vacinas múltiplas previnem as principais doenças: Cinomose, Hepatite Infecciosa Canina, Adenovirose, Coronavirose, Parainfluenza Canina, Parvovirose, Leptospirose Canina. E a anti-rábica imuniza contra a Raiva.

Para o caso de cães (adultos ou filhotes) que você não sabe se foram vacinados, deverá ser feito todo o ciclo e respeitar o intervalo de 21 dias entre cada dose de vacina. Mas se existir histórico de vacinação, respeite a renovação anual. Muitos veterinários desconfiam se realmente foi aplicada a primeira dose da múltipla, se você não tiver certeza e desconfiar também, será melhor que inicie desde o começo todo o ciclo, pois é muito importante ter o cãozinho vacinado e prevenido. Para evitar dúvidas, faça questão da carteira de vacinação com os comprovantes de vacina colados, esse documento é muito importante. Ao lado de cada comprovante, deverá ser anotada a data de aplicação da vacina, a data da próxima dose e o veterinário responsável deverá assinar e colocar o número do seu CRMV.

Além das vacinas obrigatórias, existem as preventivas como a de Gripe, Giardia e de Leptospirose, mas só as aconselho em caso de surto ou evidência de necessidade. Alguns veterinários defendem a renovação a cada 6 meses da Vacina contra leptospirose, mas só renovei uma vez nesse intervalo, quando começou uma obra próxima ao meu prédio e estava com muito rato na rua e fiquei com medo. Mas fora essa necessidade não vejo motivos, já que a múltipla tem validade de 1 ano. Atenção: as vacinas preventivas não são contra indicadas, apenas não são obrigatórias e algumas não possuem um alto grau de eficácia comprovada.

As vacinas podem causar algumas reações e é muito comum ocorrer dias após as aplicações. Alguns sintomas são: apatia, vômito, diarreia, às vezes até febre. Pode ficar dolorido e com um calombinho no local da aplicação, para isso aconselho compressas de água fria ou quente.

Observações importantes:

– Cães com menos de 45 dias não podem ser vacinados;

– Tenha uma carteirinha sempre atualizada e uma agenda de anotações para acompanhar todo histórico do seu filhote;

– Além das vacinas, os vermífugos precisam estar em dia;

– O cão só pode ir a rua e ter contato com outros cães (desconhecidos) após 15 dias de completo todo o ciclo de vacina inicial;

– É indicado o repouso sem passeios de pelo menos 1 semana a 10 dias nas renovações das vacinas anuais;

– Seu cão com as vacinas em dia não precisa participar das campanhas oferecidas pelo governo.

Como cuidar do meu cãozinho em apartamento?

topo

Muitas pessoas ainda ficam na dúvida sobre ter ou não um cãozinho por morar em apartamento, principalmente o de menor metragem. É claro que uma casa ou um ambiente mais espaçoso é confortável para humanos e animais de estimação, mas o fato de morar em apartamento ou ambientes menores não é um impedimento para ter um pet. Só é preciso ter bom senso e escolher os cães de porte compatível e que tenham um perfil mais calmo e coerente com seu espaço e seu condomínio rs.

Algumas raças são ideais para esses espaços e se adaptam super bem. A raça Shih tzu é uma delas, assim como: Bulldog Francês,  Spitz Alemão, Maltes, Poodle, Yorkshire, Lhasa Apso, Fox Terrier, Schnauzer, Pinscher, Dachshund e Pug. Mas vale ressaltar que cada cão tem um temperamento, mesmo que algumas raças sejam mais calmas que outras, por isso é muito importante pesquisar bem antes de escolher. Os cães da raça Shih Tzu, em sua maioria, são tranquilos e quase não latem, são mais preguiçosos que um gato e dormem o dia todo se deixar rsrs, não possuem muita necessidade de exercícios físicos, mas precisam de atividades ao ar livre, e vivem bem em ambientes pequenos.

Veja algumas dicas de como cuidar do seu pet em ambientes pequenos. É imprescindível prezar pelo bem-estar físico e psicológico do seu cãozinho:

  • Espaço interno: pense no espaço mais adequado a ele. Não se limite a área de serviço, exceto em fase inicial de confinamento e/ou aprendizado das necessidades. Muitas pessoas acabam por deixar o cãozinho sempre na área de serviço e isso não é legal. O ideal é estipular o máximo de circulação possível para o seu pet, levando em consideração a segurança dele também. Mantenha esse espaço seguro e sem muitos fios ou objetos que possam causar algum acidente. Aqui em nosso apartamento a pequena Melissa fica com quase todo espaço livre para ela, pois, como passamos o dia fora, optamos por deixá-la mais a vontade.
  • Varanda ou sacada: quem mora em apartamento e possui esse espaço extra é muito bom, mas é preciso torná-lo seguro. Aqui em casa providenciamos as telas protetoras, assim a Mel fica a vontade em mais um espaço. Aproveitei que minha sacada tem um espaço legal e inclui o banheiro dela nesse ambiente, é mais fácil de limpar!

base

  • Passeios regulares: o passeio é um item que faz bem para ambas as partes rsrs. Sair regularmente com seu cãozinho faz bem para o corpo e pra mente, todo mundo fica feliz. O passeio é uma das opções para o seu cãozinho gastar energia e passar o tédio. Para quem mora em apartamento, o passeio no Play ou no estacionamento também vale, principalmente nos dias chuvosos ou quando a cadelinha está no cio.
  • Brinquedos: os brinquedinhos fazem toda a diferença: ter brinquedos educativos e de entretenimento são excelentes para passar o tempo e garantir a diversão do seu cão. O enriquecimento ambiental também é uma ótima dica para o seu Pet.

20150311_222501

  • Limpeza: muitas pessoas questionam se o cão deixa um cheiro desagradável no apartamento. Todo cachorro tem cheiro, uns mais fortes que outros. Mas atualmente existem mil maneiras de você deixar a sua casa perfumada e sem nenhum cheiro desagradável por conta do animal (muitas vezes, nem é culpa dele, tadinho rs). Mantenha a casa limpa regularmente, higienize o cãozinho com banho seco ou lencinho quando já tiver uns 5 dias do  último banho, higienize o sanitário do seu pet, e como produto de limpeza use o Herbalvet.

 

Se tiver mais dúvidas, mande pra gente! Iremos adorar ajudar!

Conheça nossa Fanpage!

 

Shampoo Neutro e Condicionador – Ibasa

Imagem6

Hoje venho falar de um produto “BBB”,  o famoso bom, bonito e barato. Ele é bom, pois cumpre exatamente com o proposto; bonito, pois está num frasco moderno e de fácil uso e barato, porque é barato pelo nível que tem, que pode com certeza se comparar a grandes marcas cujo valor quase dobra.

Veja uma foto dos peludos antes da transformação:

Imagem2

De acordo com a marca:

Shampoo Neutro

O Shampoo Neutro IBASA é um produto de alto rendimento usado no pré-banho e banho de cães e gatos. Formulado com componentes com grande poder espumógeno que limpam sem agredir. Contém um excelente silicone e a inconfundível fragrância original IBASA. Proporciona limpeza, maciez, brilho e perfume à pelagem.

Modo de usar:

Molhar o animal e aplicar o Shampoo Neutro IBASA, esfregando-o até obter uma espuma homogênea. Enxaguar. Repetir o procedimento, se necessário. A concentração do produto permite que seja diluído em 1 parte de shampoo para até 4 partes de água. Para um melhor resultado, após o shampoo, utilize o Condicionador IBASA. Somente uso externo.

Condicionador

O Condicionador IBASA é ideal para ser usado após o banho de cães e gatos, como desembaraçador de pelos e para melhorar a penteabilidade. Possui a inconfundível fragrância original IBASA.

Modo de usar:

Após o banho do animal, retirar o excesso de água do enxágue para aplicar o Condicionador IBASA na pelagem úmida. Colocar a quantidade necessária na palma da mão, fazer movimentos circulares com as mãos a fim de espalhar bem o produto nas palmas e dedos. Aplicar na pelagem do animal a partir das pontas até a raiz, espalhando e massageando o produto suavemente. Evitar aplicar o produto diretamente na raiz. Deixar o produto agir por alguns minutos, enxaguar e secar bem. A concentração do produto permite que seja diluído. Diluir 1 parte de produto para 1 parte de água, para facilitar a aplicação com a mão. Somente uso externo.

CUIDADOS

Quando o produto for diluído, utilizar água potável para a diluição e fazer uso imediato. Evitar o contato do produto com os olhos, boca e focinho do animal. Caso isso ocorra, lavar com água em abundância. Procurar um médico veterinário, caso ocorra uma irritação ocular persistente. Conservar o produto em local seco e fresco, ao abrigo da luz e fora do alcance de crianças e animais.

A Ibasa está no mercado desde 1990, começou com fabricação de produtos farmacêuticos para uso veterinário e desde então vem crescendo no segmento pet. Em 2009, conquistaram o selo de Empresa Inovadora da Anpei (Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras).

2

Normalmente diluo o Shampoo e Condicionador exatamente como manda a embalagem. Na minha opinião é um ótimo produto, talvez mudaria apenas o aroma. Porém há muitas pessoas que adoram o cheiro, realmente é uma questão de gosto. O cheirinho dura até o próximo banho.

A consistência, como dá para perceber pela foto, é bem na medida, e é bem fácil para diluir. Admito que nem sempre tenho tempo para fazer esse processo todo, e acabo passando diretamente no pelo – mas sei que dessa forma estraga mais a pelagem, o certo mesmo é seguir sempre o que a marca manda.

Como é um produto barato, muita gente não dá o seu devido valor. Mas acho que todos deveriam experimentar os produtos da marca, garanto que não irão se arrepender!

Vou deixar algumas fotos (principalmente da Jolie, que está com o pelo longo) para vocês perceberem o brilho que fica no pelo.

1

Imagem3

 

Já curtiu nossa fanpage e já está nos seguindo no Instagram?

Tosa na tesoura!

20141121_201359Quem tem pet peludo sabe muito bem o dilema que é: “tosar ou não tosar, eis a questão”. A decisão de tosar é muito pessoal e às vezes ocorre por vontade, às vezes por necessidade. De qualquer maneira é bem vinda, seja na máquina ou na tesoura. Nossos dois últimos posts falam sobre a tosa na máquina, ambos com resultado muito positivo. Mas hoje quero falar um pouco sobre a experiência sobre a tosa na tesoura.

A Mel ainda não tinha feito uma tosa mais curta, os últimos cortes foram apenas para acertar o pelo e eliminar o efeito filhote. Até que veio a vontade de deixá-la mais fresquinha para o verão e acertar melhor os pelos. Confesso que estou apaixonada. Amo-a peludona, mas ficou uma baby linda tosadinha!

A tosa na tesoura precisa ser feita por um bom profissional (como todas as outras), uma pessoa atenta e com paciência. Minhas principais dicas são: acompanhe de perto e busque referências. A tosa na tesoura não é feita por muitos, até porque é um trabalho mais demorado e requer mais atenção.

Levamos cerca de 3h nessa tosa. Não é nada rápida e, se seu cãozinho for muito agitado, não aconselho. O petshop já é conhecido, o pessoal conhece a Mel desde filhote e até duvidaram quando disse que a tosaria um pouco mais. Conversei com a tosadora, que entendeu direitinho o que eu queria! Pedi que fosse aparado bem o peitoral, e no comprimento queria algo após a barriguinha e que fizesse chanel na parte da cabeça (amo!) sem mexer em focinho e franja (prefiro a Mel assim). Também disse que não era necessário mexer no rabinho, apenas aparar.

Olhem como ela estava um tanto peludona!

MEL 01

 

mel 02

Eu gostei bastante do resultado, a Mel ficou mais saltitante e mais fofa <3! E sim, ela faz pose pra tirar foto e sorri também! rsrs

E aí, se animou com a tosa para o verão? Conte pra gente!

Já curtiu nossa fanpage e já está nos seguindo no Instagram?

Brinquedo do dia: Maçã da ZeeDog

toys

Recentemente a ZeeDog lançou uma linha super divertida de brinquedos. A ZeeDog é uma marca muito querida aqui em casa e na galerinha do ShihTzuCafé – grande parte da turminha possui as coleiras e as guias super fashion deles. Agora resolvi experimentar a linha de brinquedos também e comprei a Maçã por algumas razões específicas.

Nem preciso dizer que foi um sucesso só! A Mel amou de cara e é um brinquedo que ela carrega por toda a casa. Escolhi o brinquedo em formato de maçã por ser uma das frutas predileta dela: ela é louca por maçã ao nível de acordar se alguém pegar uma maçã em casa. Todos os brinquedos dessa linha possuem rigidez e irregularidades diferentes, além de um espaço oco interno para colocar petiscos. Além da maçã, existem outras “frutas” e “legumes”, que são: berinjela, kiwi, couve-flor, ervilha, pera, cenoura, laranja, pimentão e banana.

macazeedog

A descrição do brinquedo de maçã – ZeeDog:

A maçã é um personagem poderoso dos contos históricos e mitos, sendo inclusive símbolo de amor. Mas amor, mesmo, foi o que nós usamos para cultivar nossas Super Maçãs. Cheia de vitamina “Zee”, é garantia de que seu cachorro vai estar sempre feliz. Feita de borracha TPR de alta qualidade, ela flutua, limpa os dentes, massageia a gengiva e possui um interior oco para que você recheie com petiscos saudáveis! Nós até criamos nosso próprio ditado: ‘Uma super maçã por dia a consulta adia’!

O que mais curtimos na maçã é que ela é um brinquedo muito atrativo, já que suas irregularidades fazem com que o cãozinho tenha mais desafios para pegar e carregar com a boca, o que o mantém entretido. Além disso, graças às  irregularidades, ela sempre rola para outros lados no percurso, ela não é como uma bola, lisa, que rola no chão em uma única direção. Sua rigidez não machuca, muito pelo contrário, ajuda na limpeza dos dentes e na fase inicial da troca de dentes.

Clique aqui e veja o vídeo para entender como ela é!

Gosto de intercalar ração, petiscos e pedacinhos de maçã no interior da brinquedo, e faz o maior sucesso. A pequena Melissa fica doidinha quando tem alimento dentro.  O produto é super útil: diverte, alimenta, higieniza e é super fácil de limpar.


A marca é super moderna e cheia de criatividade, amo demais os produtos e suas inovações.

Curta nossa fanpage! E fique por dentro de tudo o que acontece com a turminha no nosso perfil no Instagram!

Tipos de Ração – Super Premium, Premium e Standard

Ração, inicialmente, parece algo bem simples. É só ir a um Pet Shop ou mercado, escolher alguma da prateleira, chegar em casa e servir, pois já vem pronta.

Todavia, sabemos que está longe de ser simples assim. Existem inúmeras rações diferentes (filhotes, adultos, alta energia, diet, terapêutica, tamanho do cão, etc) que são classificadas de acordo com o coeficiente de digestibilidade, ou seja, a quantidade de nutrientes da ração que são efetivamente absorvidos pelo animal. Premium? Super Premium? Standard? O que significa isso?

 

SUPER PREMIUM

Imagemração1

Esse tipo de ração teve origem na década de 90, e a marca Premier Pet foi a pioneira no Brasil. São rações balanceadas com composição ideal para os animais, tem elevada digestibilidade e são usados ingredientes nobres em sua composição. As proteínas são de origem animal (como carne bovina, frango, peixe e outros) ou, em alguns casos, vegetais de melhor absorção. São super concentradas, com isso, uma pequena quantidade ingerida pelo cachorro, já o deixa saciado. E como são rações muito bem absorvidas, a quantidade de fezes também é menor.

Em uma ração que contenha proteína de frango, por exemplo, ela pode ser extraída dos pés, das vísceras, da carcaça ou da carne propriamente dita. Em todas essas partes existem proteínas, porém a proveniente da carne propriamente dita tem a qualidade superior.

Muitas das vezes achamos a ração Super Premium muito cara, mas precisamos pensar que o animal irá estar com suas necessidades nutricionais 100% satisfeitas e assim não adoecerá facilmente, diminuindo gastos com o veterinário. Uma solução é comprar sacos maiores de 7kg ou 15kg, pois quanto maior o saco, maior a economia. Aí basta armazenar direitinho, fechando bem, deixando num lugar arejado e fresco (longe da incidência de luz) e evitando de ficar abrindo toda hora, não haverá problemas.

Algumas Rações Super Premium: Royal Canin (Royal Canin), Guabi Natural (Guabi), Equilíbrio (Total), Pro Plan (Nestlé Purina), Premier Pet (Premier Pet), Eukanuba (IAMS), Hills Science Diet (Hill’s), Wellness (Nutron), Cyno (Cyno)

PREMIUM

Imagem2ração

No Brasil, teve origem na década de 80. O coeficiente de digestibilidade é alto, em torno de 80%. Também é uma boa ração, também possui um balanceamento ideal, porém utiliza uma maior quantidade de proteína vegetal em sua formulação. Com isso, o cão irá precisar de mais quantidade de ração para se sentir saciado e a quantidade de fezes irá aumentar. O preço é menor por não usar a melhor matéria prima, se comparada às super premiuns.

Algumas Rações Premium:  Max (Total), Game Dog (Cyno), Foxy (Provimi), Golden Fórmula (Premier Pet), Faro (Guabi), Tutano (Nutron), Pedigree (Effem), Dog  Chow (Nestlé Purina)

 

STANDARD

Imagemração3

Essas rações também são balanceadas, tanto que são chamadas de rações de manutenção. Entretanto a qualidade da proteína utilizada é bem inferior, geralmente vegetais com pouco aproveitamento e subprodutos animais (como chifre, penas, bicos, casco, farinhas de carne e outros). Os cachorros vivem perfeitamente bem com essas rações, só precisarão ingerir um volume muito maior para adquirir os nutrientes na quantidade necessária, já que o coeficiente de digestibilidade é mais baixo (60%), o que implica em aumento no volume das fezes. Essas rações geralmente possuem uma grande quantidade de palatabilizantes, corantes e conservantes. São encontradas facilmente em supermercados e outros locais de comércio não especializado.

Algumas Rações Standard: Champ (Effem), Bonzo (Nestlé Purina), Delidog (Nestlé Purina), Frolic (Effem), Herói (Guabi), Lider Chips (Total), Nero (Total), Karina Premium (Nestlé Purina).

Há, ainda, uma outra categoria de ração, chamada de combate ou econômica. São produtos de qualidade inferior, com baixo coeficiente de digestibilidade (em torno de 45% a 50%), em que a fonte de proteínas é quase integralmente de origem vegetal. Desse modo, a maior parte do alimento acaba não sendo absorvido pelo cão, que vai eliminá-lo nas fezes. Em alguns casos, o animal pode apresentar disenteria, o que aumentará as visitas ao veterinário e gastos com a saúde.

Essa divisão, embora de conhecimento geral, ainda não é regulamentada por nenhuma legislação específica. Trata-se, apenas, de uma sugestão da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), antiga Anfalpet, órgão que representa a indústria pet e se divide em Pet food (alimentos veterinários), Pet vet (medicamentos veterinários) e Pet care (equipamentos, acessórios e produtos para higiene e beleza dos peludos).

Quer ficar por dentro dos próximos posts da série Alimentação? Não deixe de curtir nossa fanpage!