Shampoo Neutro e Condicionador – Ibasa

Imagem6

Hoje venho falar de um produto “BBB”,  o famoso bom, bonito e barato. Ele é bom, pois cumpre exatamente com o proposto; bonito, pois está num frasco moderno e de fácil uso e barato, porque é barato pelo nível que tem, que pode com certeza se comparar a grandes marcas cujo valor quase dobra.

Veja uma foto dos peludos antes da transformação:

Imagem2

De acordo com a marca:

Shampoo Neutro

O Shampoo Neutro IBASA é um produto de alto rendimento usado no pré-banho e banho de cães e gatos. Formulado com componentes com grande poder espumógeno que limpam sem agredir. Contém um excelente silicone e a inconfundível fragrância original IBASA. Proporciona limpeza, maciez, brilho e perfume à pelagem.

Modo de usar:

Molhar o animal e aplicar o Shampoo Neutro IBASA, esfregando-o até obter uma espuma homogênea. Enxaguar. Repetir o procedimento, se necessário. A concentração do produto permite que seja diluído em 1 parte de shampoo para até 4 partes de água. Para um melhor resultado, após o shampoo, utilize o Condicionador IBASA. Somente uso externo.

Condicionador

O Condicionador IBASA é ideal para ser usado após o banho de cães e gatos, como desembaraçador de pelos e para melhorar a penteabilidade. Possui a inconfundível fragrância original IBASA.

Modo de usar:

Após o banho do animal, retirar o excesso de água do enxágue para aplicar o Condicionador IBASA na pelagem úmida. Colocar a quantidade necessária na palma da mão, fazer movimentos circulares com as mãos a fim de espalhar bem o produto nas palmas e dedos. Aplicar na pelagem do animal a partir das pontas até a raiz, espalhando e massageando o produto suavemente. Evitar aplicar o produto diretamente na raiz. Deixar o produto agir por alguns minutos, enxaguar e secar bem. A concentração do produto permite que seja diluído. Diluir 1 parte de produto para 1 parte de água, para facilitar a aplicação com a mão. Somente uso externo.

CUIDADOS

Quando o produto for diluído, utilizar água potável para a diluição e fazer uso imediato. Evitar o contato do produto com os olhos, boca e focinho do animal. Caso isso ocorra, lavar com água em abundância. Procurar um médico veterinário, caso ocorra uma irritação ocular persistente. Conservar o produto em local seco e fresco, ao abrigo da luz e fora do alcance de crianças e animais.

A Ibasa está no mercado desde 1990, começou com fabricação de produtos farmacêuticos para uso veterinário e desde então vem crescendo no segmento pet. Em 2009, conquistaram o selo de Empresa Inovadora da Anpei (Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras).

2

Normalmente diluo o Shampoo e Condicionador exatamente como manda a embalagem. Na minha opinião é um ótimo produto, talvez mudaria apenas o aroma. Porém há muitas pessoas que adoram o cheiro, realmente é uma questão de gosto. O cheirinho dura até o próximo banho.

A consistência, como dá para perceber pela foto, é bem na medida, e é bem fácil para diluir. Admito que nem sempre tenho tempo para fazer esse processo todo, e acabo passando diretamente no pelo – mas sei que dessa forma estraga mais a pelagem, o certo mesmo é seguir sempre o que a marca manda.

Como é um produto barato, muita gente não dá o seu devido valor. Mas acho que todos deveriam experimentar os produtos da marca, garanto que não irão se arrepender!

Vou deixar algumas fotos (principalmente da Jolie, que está com o pelo longo) para vocês perceberem o brilho que fica no pelo.

1

Imagem3

 

Já curtiu nossa fanpage e já está nos seguindo no Instagram?

Anúncios

Tosa na Máquina

Essa semana o calor aumentou demais no Rio de Janeiro e eu senti que precisava fazer algo pelos meus peludos. Aqui sempre os mantive na tosa bebê, mas dessa vez resolvi baixar um pouco mais o pelo. Fica bonito? Não, não fica. Porém vamos desapegar, né?! Porque afinal pelo cresce.

As duas formas mais pedidas de tosa na máquina são a de corpo inteiro (sendo tosada, também, a cabeça) e a forma que eu fiz, que não mexe na cabeça nem no rabo, só abaixa o pelo do corpinho. Já que muitas mamães tem curiosidade de tosar na máquina, mas não tem noção de como fica essa tosa em um Shih Tzu, aqui está um post bastante ilustrativo!

Pedi exatamente assim: “Quero o rostinho arredondado bem baixinho, o rabinho com uma leve aparada, e o corpinho bem baixo.” Não farei essa tosa sempre, mas acho que vale pra esses meses em que estamos enfrentando sensação térmica que chega a 40º graus – imagina os bichinhos estão com um casaco de pelo! Então, o que a gente puder fazer pra ajudar, tem que ser feito.

Atenção! Não estou dizendo que precisa fazer uma tosa tão radical como essa, somente se você sentir que tem necessidade, como eu senti. Pensei na hora de secar (aquele secador quente é um tormento tanto pra eles como pra nós), além disso o banho fica muito mais rápido, e juntando todos os benefícios estressa bem menos o cão, que já esta irritado pelo calor.

Seguem algumas fotos do Mylow e da Jolie tosados:

Collage 2014-11-06 22_27_38-1

 

Collage 2014-11-06 22_37_28-1-1

 

Como falei, é um exemplo de tosa, e espero ter ajudado quem tinha curiosidade de como fica a tosa na máquina. Ahh, vai, nem ficou tão ruim assim! kkk

E aí, já curtiu nossa fanpage e já está nos seguindo no Instagram?

 

Sabão de Coco resseca os pelos?

Você conhece o Sabão de coco líquido Ecovet? O Laboratório Ecovet iniciou suas atividades em 1991, com sede própria, na fabricação de produtos veterinários.  Suas instalações cumprem o exigido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e pelos padrões internacionais de qualidade. Atualmente contam com mais de 170 itens de fabricação própria, ou seja, não terceirizam nenhum produto, pois só assim podem manter um rigoroso controle de qualidade. As matérias-primas utilizadas são certificadas e orgânicas, provenientes de fontes renováveis, da mais alta qualidade.

ecovet 02

De acordo com a marca:

Segmento: Cães, Gatos e Equino

Descrição: Foi especialmente desenvolvido para render e proporcionar o máximo na limpeza e higienização dos animais de pequeno, médio e grande porte. Com pH neutro e óleo nutritivo essencial de coco, é muito utilizado na pré-lavagem em banho e tosa e em concursos de beleza de animais.

Indicação: Para limpeza e higienização.

Modo de Usar: Aplique o produto sobre todo o corpo do animal já molhado, friccione e massageie até formar uma espuma abundante e cremosa deixando agir por 5 minutos. Enxague e seque, conseguindo assim um efeito natural e saudável.

Precauções: Em caso de contato com mucosas, lave somente com água. Em caso de irritação ou hipersensibilidade a algum componente da fórmula, lave somente com água e suspenda o uso. Mantenha o frasco bem tampado e fora do alcance de crianças e animais domésticos, em local seco e freso, ao abrigo da luz.

 

Comecei a utilizar sabão de coco depois de ler várias pessoas indicando. Aqui no banho uso sempre nas patinhas e no bigode e adoro, pois sinto que faz muita diferença. Além de retirar toda a sujeira, o pelo fica bem mais branquinho, evitando o uso do shampoo branqueador em todos os banhos.

Não diluo o produto na hora da lavagem, passo diretamente nas patinhas, fazendo movimentos circulares. Quando vejo que já tem bastante espuma, enxáguo. É nítida a diferença que faz.

Tirei algumas fotos do banho dessa semana, para que vocês terem uma ideia do que estou falando:

ecovet 01

Na minha opinião, o produto tem um preço ótimo: paguei R$ 12,00 na embalagem de 500 mL em uma loja de artigos para animais aqui no Rio de Janeiro. Como só uso nas patinhas e no bigode, acaba durando bastante! Você consegue encontrar, também, em vários sites de compra pela internet.

Acho que vale super a pena testar. Não acho que ressecou em nada o pelo dos meus Shih Tzus e só não uso no corpinho, porque não é necessário. Mas, se um dia precisar, irei usar sem medo. O cheiro é bem característico de coco, mas nada desagradável, e nada que pareça o detergente da cozinha. A consistência é super ok, fazendo com que o produto se espalhe com muita facilidade.

Conforme explicado na embalagem, o sabão de coco líquido Ecovet é para ser empregado na pré-lavagem, então depois sempre uso outro shampoo, máscara de hidratação e finalizo com um condicionador. E assim termina o banho.

Espero que tenham gostado da dica, e até a próxima! Já visitaram nossa fanpage hoje?

De que cor é meu cãozinho?

Ah, o shih tzu e sua enorme gama de cores diferentes para a pelagem! Quem não ama? Mas você sabe como é determinada a coloração do pelo?

Nos cães, assim como na maioria dos mamíferos, há dois tipos de pigmentos que determinam a cor e seu padrão de distribuição nos pelos: eumelanin e phaeomelanin. Ambas são variantes da melanina e podem ser alteradas por alguns genes.

Genes? Agora vamos precisar resgatar as aulas de biologia lá do Ensino Médio. Não pule esse parágrafo, será importante pra compreender esse post e os próximos da série! Os genes são responsáveis por determinar as características que cada ser vivo terá, e se ligam em longas cadeias de DNA. Cada ponto dessa cadeia é chamado de locus, e em cada locus há dois alelos que formam o gene.

shihtzu antes e depois

Voltando aos pigmentos… A eumelanin é um pigmento preto. É ela que dá cor a todas as partes pretas de um cão, como pelo, olhos e focinho. Porém, existem genes que podem “tingi-la” de outras cores: fígado (marrom), azul (cinza) ou isabella (uma espécie de bege meio lilás). Nesse caso, TODAS as partes do cão que seriam pretas se transformam numa dessas cores. Por isso, normalmente a cor do focinho é muito utilizada para descrever a cor de um cão. Melissa é um cão de trufa preta, enquanto Lillith, Chloe e Yuppie são, claramente, cães de cor fígado.

A phaeomelanin, por sua vez, é um pigmento vermelho e engloba inúmeras tonalidades, variando da cor do setter irlandês a um creme clarinho, passando pelo dourado, ruivo, etc. Ao contrário da eumelanin, a phaeomelanin afeta tão somente a cor dos pelos, de modo que você não verá um cachorro de nariz e/ou olhos vermelhos andando por aí.

shih tzu antes e depois

Mas e os cães brancos? A pelagem branca é causada por uma falta de pigmentos. Ocorre naquelas áreas do corpo do animal em que faltam tanto a eumelanina quanto a phaeomelanin. Quando afeta, além do pelo, também os olhos e focinhos, teremos um cão albino, com seu característico focinho rosa e olhos azuis ou avermelhados.

Os genes afetam, também, a forma de distribuição dos pigmentos no corpo do cão. E é exatamente isso que explica todas essas mudanças que ocorrem na cor do pelo dos nossos queridos shih tzus! De forma simplificada: às vezes os genes “dizem” pra célula mudar o tipo de pigmento que esta produzindo por um tempo. Assim, à medida que o pelo cresce, ele pode passar de preto para vermelho, pois a célula passa a produzir phaeomelanin no lugar da eumelanin. Depois de um tempo, pode ocorrer o caminho inverso, e o pelo voltar a ser escuro. Observe como a turminha do Shih Tzu Café mudou de cor em diversas fases da vida! Especialmente o Mylow! Já teve marcações bem escuras, passou pelo dourado e atualmente exibe um lindo tom de cinza em grande parte da sua pelagem.

Shih tzu mudando cor

Isso também aconteceu com seu amiguinho peludo? Conta pra gente! E não perca os próximos post sobre o tema.

Ah, e para saber sempre em primeira mão novidades do Shih Tzu Café, não deixe de curtir nossa fanpage!

Nós: problemas e como tirá-los

Quando o Capuccino precisou fazer exame de sangue para a vacina de Leishmaniose, uma das opções era colher o sangue por uma das patinhas. No entanto, como ela estava embolada, a pele ficou mais sensível, dificultando (e muito!) o trabalho. Foi mais de uma hora para conseguir tirar o sangue! Foi aí que comecei a me preocupar mais com os nós. Claro, ninguém quer ver seu cão com nós, mas eu não sabia que eles podiam ferir a pele!
 
Para preveni-los, só mesmo escovando o cão todos os dias. Já ensinei neste post como eu escovo o Tino. No entanto, nem sempre é possível impedir a formação do nó só com a escovação diária. E nessa hora, o que fazer? Está tudo perdido? É o fim? Não! Depois de muitos nós nessa vida, acabei aprendendo uma forma menos dolorosa para o cão (e, sem ele reclamando e se mexendo a cada puxão, acaba sendo muito mais simples pra gente!). Exige muita paciência, tanto sua, quanto do cão. Se ele já está irritado, não está cooperando muito, melhor dar uma pausa pra você e para ele, e evitar o stress. Mas acredite: esse nó vai sair desse corpo que não lhe pertence! Quer aprender?
 
Chegando da rua, certeza que no lugar da coleira já tem um nó ou outro!

Chegando da rua, certeza que no lugar da coleira já tem um nó ou outro!

 
Quando a escova “agarra” em algum nó, interrompo a escovação e foco no nó. Pra começar, separo a parte do pelo que está embolada da parte que não está. Em seguida, esguicho algum desembaraçador no local (costumo usar o Fluido Desembaraçador da Pet Society ou o Body Fluid, da Pet Smack) e começo a tentar desfazer o nó com as mãos. Puxo um pouco de um lado, um pouco do outro e vou abrindo o nó. Depois de um tempo fazendo isso, se o nó não estiver quase desfeito, parto para o secador. Direciono o jato frio na parte que ainda está embolada, ainda tentando abrir o nó. Depois de algum tempo, pego um pente e tento desembaraçar. Se conseguir, SUCESSO! Se ainda não estiver possível de pentear, repito todo o processo até dar certo. Em casos mais extremos, depois de fazer isso, você pode precisar colocar ele debaixo d’água! Dê um banho, utilize uma hidratação, principalmente no nó, e tente desembolar com a ajuda do creme, utilizando as mãos. Depois, repita o processo e PRONTO! Nó sumiu!
 
Prontinho!

Prontinho!

 
Lembrando que nem sempre insistir no nó é a melhor opção. Em certos casos a tosa é a opção mais indicada sim, e a decisão mais sensata a se fazer. Quando precisei acompanhar minha mãe no hospital, realmente não tinha tempo de pentear o Tino (só ia em casa uma vez por dia e só tinha tempo de colocar a comida dele e trocar de roupa, nem dormir eu dormia lá!). Resultado: nessa uma semana em que não ia em casa direito, o Tino ficou com muitos nós, muitos bem próximos à pele. Logo depois disso, melhorei muito minha forma de tirar nós, mas chega num ponto em que ninguém consegue tirar os nós na mesma velocidade em que eles se formam. Lembre-se disso: nós formam nós. Então, lembrando-me dos machucados que poderiam estar se formando na pele dele, optei por tosá-lo. Tosa ratinho nele!
 
Arsenal

Arsenal

Então já sabe: nunca deixe para amanhã o nó que você pode tirar hoje!

Resenha – Shampoo Pelo&Derme Hipoalergênico

Hoje venho apresentar para vocês um dos meus “testados e aprovados”. Fazia tempo que eu queria falar desse produto aqui. A gente sabe das incidências alérgicas dos nossos peludos e o quanto alguns produtos só pioram a situação. Foi pensando nisso, que vim dividir com vocês minha experiência e contar os benefícios desse shampoo hipoalergênico da marca Vetnil. Ele me agradou por completo, porque além de ser um produto que não agride a pele e o pelo, traz complementos essenciais para uma hidratação profunda. pelo_e_derme_hipo-340x317   Informações do fabricante: “Ele é hipoalergênico e contém em sua fórmula o óleo essencial de Melaleuca, Aloe Vera e Arginina. A Melaleuca e Aloe Vera são agentes naturais que contribuem para refrescar e suavizar a pele. A Aloe Vera tem, ainda, a capacidade de hidratar a pele, por seu poder umectante. O produto possui Arginina, que nutre profundamente o bulbo capilar, para uma pelagem macia e brilhante. Especialmente formulado para cães e gatos, garante higiene e refrescância para a pele.”  

O produto não tem contra indicação. É utilizado para a higiene, ele refresca e dá suavidade à pele e pelo de cães e gatos. No início, eu usava toda semana e mandava até para os banhos em petshop. Depois de um mês fui intercalando a cada 15 dias e, hoje em dia, uso 1 vez por mês pelo menos. Sinto que ele ajuda a recuperar a qualidade do pelo e mantém uma pele mais hidratada e protegida. Além de ter um cheiro ótimo e dar aquela sensação de limpeza, de quem realmente tomou banho. Um fato interessante sobre os componentes desse shampoo (principalmente a Melaleuca e a Aloe Vera): quando a Melissa era filhote, ela desenvolveu um quadro de fungo e a Vet dermatologista passou um creme manipulado (com receita) que continha esses dois ingredientes (a receita possuía outras sustâncias além dessas e surtiu efeito positivo no tratamento). Lembro que na época (setembro de 2012) ela contou que a Aloe Vera servia para estimular o crescimento do pelo, porque uma pequena quantidade de pelo havia caído, e a Melaleuca servia para inibir o crescimento do fungo. Pronto! Foi perfeito quando vi, tempos depois (Outubro de 2013), que existia um shampoo com essas propriedades, mesmo que em quantidade desproporcional a da receita da veterinária, quis muito experimentar! Nem preciso dizer que é um produto do qual gosto bastante e que indico para todos os cães com ou sem problema alérgico.

Diferenciais (informações do fabricante) Melaleuca: agente hipoalergênico natural, garante frescor para a pele. Aloe Vera: hidrata e suaviza a pele, por suas propriedades umectantes. Arginina: age diretamente no bulbo capilar, favorecendo a saúde, resistência e brilho da pelagem.

Modo de usar (informações do fabricante) Uso tópico. Molhe a pelagem do animal com água e, a seguir, aplique quantidade suficiente do produto por todo o corpo. Massageie até obter espuma, sendo ideal deixar o produto agir por 10 minutos. Enxague com água em abundância. Obs. sobre o meu modo de usar: após o enxague do shampoo, gosto de usar o condicionador da emporio pet de Castanha do Pará, ele é natural e tem um cheiro ótimo também. (faço resenha dele em uma próxima oportunidade).

O Pelo & Derme é facilmente encontrado nas principais petshop, física e virtual, e o preço é um pouco superior ao de um shampoo tradicional. Mas o custo x benefício vale apena.  

*Acompanhe nossas postagens e visite a nossa Fanpage!*  

Resenha – Máscara para hidratação Chocolate Branco PetGroom – Para Cães e Gatos

montagem01

De acordo com a marca:

“Escova de chocolate Branco:

Nutre e hidrata os pelos, garantindo um crescimento saudável.

Seu cãozinho ganha um pelo brilhante, livre de nós, recuperando a resistência dos fios, permitindo uma pelagem longa e sedosa.

A Escova de Chocolate Branco PetGroom possui uma formulação rica e equilibrada podendo ser utilizada semanalmente em todas as raças a partir do 4º mês de vida de cães e gatos, em qualquer tonalidade de pelo.

Um produto Top de Linha, com fragrância exclusiva, deixando seu animal limpo e cheiroso por 1 semana.

Experimente e surpreenda-se!”

 

Hoje venho falar de uma máscara cuja qualidade sempre me surpreende, especialmente por não ser cara: o pote de 500 g custa cerca de R$ 24,00, enquanto o de 1 kg sai a R$32,00. Acho um preço OK, pois realmente cumpre a função.

Ela é consistente, tem um cheiro de chocolate branco super leve e agradável. Mas o que eu mais gosto é do efeito emoliente instantâneo que ela dá, é incrível! O pelo do seu pet pode estar super grosso depois de usar o shampoo que, na hora que você vem com a mascara, o pelo fica extremamente maleável e fino.

montagem02

Eu uso tanto na Jolie (que tem o pelinho grande e fininho), quanto no My (que usa a tosa bebe e já tem muito subpelo). Acho que hidratação nunca é demais, e ajuda bastante no período entre um banho e outro, fazendo com que o pelo não embole tanto. Como eu geralmente penteio meus filhotes umas 2 vezes na semana, e eles raramente tem nós, acredito que o segredo está numa boa hidratação.

Ela foi uma super surpresa pra mim, e fico muito feliz em poder dividir isso com vocês, porque muitas vezes temos vontade de comprar um produto, mas não existe de fato uma resenha de uma pessoa imparcial sobre ele. Eu me joguei às escuras nessa marca, e a Petgroom a cada dia me surpreende mais com a sua qualidade – deve dar para perceber, já que é o terceiro produto da marca que resenho pra vocês. Espero que estejam gostando.

 Aqui vou deixar  algumas fotos da Jolie e do Mylow depois do uso da máscara:

montagem03