Cuidando dos olhinhos do peludo

Esses dias a Dina Nina nos deu um susto. O olho esquerdo começou a ficar mais fechadinho, depois ficou avermelhado e no dia seguinte mal se abria. Pronto! Agendei uma consulta na veterinária oftalmologista e lá fomos nós tentar descobrir e resolver o mal estar da pequena.

O tratamento foi longo, tivemos que dar medicação para dor e aplicar vários colírios (em intervalos meio malucos: um deles deveria ser aplicado 8 vezes ao dia! O outro, a cada 8 horas e o terceiro a cada 6 horas). Em dois dias a peludinha já estava a mesma serelepe de antes, o que tranquilizou toda a família!

cuidado olho Dina Nina

A veterinária nos explicou alguns cuidados que devemos ter com os olhinhos dos peludos:

  • Não fazer chucas muito apertadas, dessas que até impedem o animal de piscar (ela inclusive elogiou a dina por estar usando uma chuca bem frouxinha, apenas para manter os pelos longe dos olhos);
  • Passeios no parque, secador/soprador, vento e outros fatores ressecam os olhos. É importante conversar com o veterinário do seu amiguinho e ver o que pode ser feito para minimizar/prevenir os danos. No caso da Dina, começamos a usar um gel específico para o problema antes e depois dos passeios e banhos.
  • Mantenha os olhos do seu cão sempre limpos. Há substâncias próprias para isso no mercado pet, mas você também pode utilizar soro fisiológico ou mesmo água. Atenção especial para remelas secas/endurecidas, que também devem ser removidas, pois são fontes de entrada de bactérias e outros “seres malignos”.
  • Cães que possuem cílios ectópicos (cílios que nascem no lugar ou na direção errada, ferindo os olhos do animal) devem ser examinados mais frequentemente e ter os vilões retirados periodicamente. A Dina possui apenas 5 cílios nessa posição irregular e a veterinária sugeriu remoção mensal ou bimestral, conforme a necessidade, para evitar que ocorram lesões na córnea. Em casos mais graves, recomenda-se um procedimento cirúrgico.
  • Se a região branca dos olhos ficar avermelhada ou se o seu peludinho estiver esfregando constantemente a cabeça no chão, leve-o ao veterinário. Qualquer surpresa é mais facilmente tratada e curada se descoberta no início!
  • Durante os banhos, cuidado com o xampu! Prefira modelos que não causem ardor nos olhos pelo menos para lavar o rostinho, afinal ninguém quer ver seu amiguinho com dor.

São cuidados simples e fáceis de seguir. Dicas anotadas?

Anúncios

Tosar na máquina estraga o pelo?

Muitas pessoas têm medo de que o uso de máquina na tosa estrague o pelo de seu cão. Aí, vão mantendo o bichinho sempre com os pelos longos (ou tosando somente na tesoura), com receio de que aquele pelo macio e sedoso se torne algo armado e cheio de nós. Mas será que isso faz sentido?

No caso específico da Dina Nina, não. Ela já foi tosada na máquina três vezes, sendo as tosas tão curtas que ficou parecendo “carequinha” exagero. Na primeira vez, ela tinha quase seis meses e voltou tão lindinha que minha mãe e minha irmã começaram a defender a bandeira “Dina tosada” desde então.

Na segunda vez, ela foi tosada porque relaxei na escovação e a pobrezinha ficou cheia de nós! Daria pra tirar com um desembolador, mas sou da opinião de que “pelo cresce de novo” e não queria que ela sofresse sendo desembaraçada – preferi tosar logo. Ficou parecendo um filhotinho novamente! Não preciso nem mencionar o sucesso que fez com o #teamDinaTosada né?

dina tosada

Dina Nina tosada em diferentes fases

A última tosa foi em fevereiro desse ano, pra cirurgia de castração. Hoje, 9 meses depois, os pelos não estão arrastando no chão (nunca chegaram nesse comprimento, pois com esse tanto de tosa nem deu tempo!), mas estão relativamente longos e tenho uma Dina peluda em casa. A pelagem dela continua lisa e macia, é sedosa e tem bom caimento. Não acho que a máquina de tosa tenha causado algum estrago.

O que define a estrutura do fio é a genética. Não é o uso ou não de máquina que vai deixar um pelo liso ondulado (ou vice versa). É claro que usar bons produtos, uma lâmina afiada (que não “mastigue” o pelo) e contratar um bom profissional ajuda a não estragar o pelo de seu cão. É importante também escovar diariamente (ou pelo menos umas 4 vezes na semana), fornecer uma alimentação de qualidade (pelo precisa de nutrientes) e fazer hidratações frequentes, o que ajuda a melhorar a maleabilidade dos fios (na Dina, alterno hidratações à base de argan, chocolate e queratina. Em TODOS os banhos peço pra fazer hidratação).

dina peluda pos tosa

Dina Nina peluda em diferentes fases

O Cerberus, a Chloé e a Yuppie também já foram tosados na máquina e agora estão bem peludos novamente. E adivinha? Nos três a pelagem cresceu exatamente como era antes!

cer chloe yuppie tosados e peludos

Pode ser que com seu cãozinho seja diferente? Pode. Mas, antes de culpar a máquina, seja consciente em relação aos cuidados que você tem com a pelagem do seu amigo!

E aí, já curtiu nossa fanpage e já está nos seguindo no Instagram?

Tosa na Máquina

Essa semana o calor aumentou demais no Rio de Janeiro e eu senti que precisava fazer algo pelos meus peludos. Aqui sempre os mantive na tosa bebê, mas dessa vez resolvi baixar um pouco mais o pelo. Fica bonito? Não, não fica. Porém vamos desapegar, né?! Porque afinal pelo cresce.

As duas formas mais pedidas de tosa na máquina são a de corpo inteiro (sendo tosada, também, a cabeça) e a forma que eu fiz, que não mexe na cabeça nem no rabo, só abaixa o pelo do corpinho. Já que muitas mamães tem curiosidade de tosar na máquina, mas não tem noção de como fica essa tosa em um Shih Tzu, aqui está um post bastante ilustrativo!

Pedi exatamente assim: “Quero o rostinho arredondado bem baixinho, o rabinho com uma leve aparada, e o corpinho bem baixo.” Não farei essa tosa sempre, mas acho que vale pra esses meses em que estamos enfrentando sensação térmica que chega a 40º graus – imagina os bichinhos estão com um casaco de pelo! Então, o que a gente puder fazer pra ajudar, tem que ser feito.

Atenção! Não estou dizendo que precisa fazer uma tosa tão radical como essa, somente se você sentir que tem necessidade, como eu senti. Pensei na hora de secar (aquele secador quente é um tormento tanto pra eles como pra nós), além disso o banho fica muito mais rápido, e juntando todos os benefícios estressa bem menos o cão, que já esta irritado pelo calor.

Seguem algumas fotos do Mylow e da Jolie tosados:

Collage 2014-11-06 22_27_38-1

 

Collage 2014-11-06 22_37_28-1-1

 

Como falei, é um exemplo de tosa, e espero ter ajudado quem tinha curiosidade de como fica a tosa na máquina. Ahh, vai, nem ficou tão ruim assim! kkk

E aí, já curtiu nossa fanpage e já está nos seguindo no Instagram?

 

Os cães sentem calor?

dina tosada x peluda

Tenho visto uma enxurrada de gente nas redes sociais com a grande dúvida: tosar ou não tosar com todo esse calorão? Se você estiver convencido de que cachorros têm sentimentos e inteligência (aqui as minhas peludinhas me amam, ahhhh, me amam sim!), é evidente que vai concordar que eles também sentem FRIO e CALOR, embora em níveis um pouco diferentes dos nossos.

Eu sempre ouvi que “cães suam pela língua” e que o pelão não influencia em nadinha o calor que eles sentem – inclusive eu já tinha pesquisado isso antes por morar numa região em que, seja janeiro ou julho, o calor domina. Por aqui o normal é os termômetros marcarem 28° num dia nublado!

Mas, então, o que dizem os especialistas e entendedores do assunto? Existe ou não a tal da proteção térmica que a pelagem proporcionaria?

Acompanhei um tosador recentemente numa discussão ferrenha pelas redes sociais levantando a bandeira dos pelões. Mas vi estudante de veterinária e a própria veterinária que cuida das minhas peludinhas defender que pelões podem sim ser prejudiciais no verão e ocasionar ainda mais cansaço e fadiga (daí desencadeia todo um processo de falta de apetite, sonolência, mudança de temperatura e também de pressão arterial, disfunção cardiorrespiratória, desidratação, desmaios, vômitos, etc). E então, quem tem razão?

A idéia de que os cães suam pela língua é mito! O cão tem células sudoríparas na parte de suas almofadinhas – que interessante esse mundo animal! Imagina se suassem pela pele, como nós humanos? Os pelos ficariam oleosos com uma frequência sem igual e assim precisariam de tanto banho como nós! -. Então a transpiração se dá apenas pelas patas. E a língua – sim, ela tem uma participação – atua resfriando o corpo, fazendo a troca do ar quente (interno) pelo ar frio (externo) – daí percebermos os cães sempre de boca aberta no famoso “aff aff” habitual.

Para piorar a nossa situação – ou a dos nossos amiguinhos – os shih tzus têm maior dificuldade em manter o ar frio inspirado devido ao seu focinho curto, tornando a época de calor bem complicada.  E então deixo uma dica: nos dias quentes, os passeios devem ser durante os horários mais frescos – nada de sair tamanho meio-dia! Imaginem que, com o chão quente, podem ocorrer queimaduras nas almofadinhas e diminuir ainda mais a área de transpiração do seu amiguinho. E, numa rápida aula de biologia, o sistema de sudorese auxilia na manutenção da temperatura do organismo, diminuindo-a (resfriando) – ninguém aqui vai querer seu animalzinho pegando fogo, né?

Então fato é que a pele dos nossos peludinhos não possui glândulas sudoríparas, mas a sensação térmica é por eles sentida e sofrida assim como é para os humanos. Aliás, pior, haja vista eles suarem por área infinitamente menor que nós.

Lembra do tal isolante térmico que falei no início do post? É verdade, a pelagem atua como isolante térmico sim, mas em dias quentes a pelagem não tem nenhum sistema de resfriamento divino que combata o calor. Portanto, só piora a sensação dos nossos amiguinhos, que retêm ainda mais o calor no seu organismo, enfrentando dificuldade maior para conseguir se resfriar. E o shih tzu ainda está triplamente nos grupos de riscos: tem focinho curto, em geral apresentam pele seca e tem pelagem compridona.

Outra função da pelagem é proteger do sol. Dai aparando-os não estaríamos expondo nossos peludinhos? Não, definitivamente, não. Ninguém aqui vai passar máquinha zero (a menos que seja necessário) no seu amiguinho, expondo de uma vez a pele do animalzinho. Aliás, com pelo comprido ou não, importante manter o protetor solar em dia! O intuito é aparar os pelos de modo que circule mais vento e os deixem mais a vontade no calorão que anda fazendo.

Nessas horas, o melhor a fazer é prezar pelo bem estar e saúde do animal. Eu, que sempre defendi a pelagem comprida, estou me rendendo e vendo que pode sim ser mais uma barreira para eles enfrentarem durante os dias quentes.

Então, tendo eles a percepção do calor, nos resta saber se a pelagem vai mesmo interferir nisso ou não. As nossas sensações de frio ou calor têm um componente objetivo, ligado à temperatura do ambiente, e outro subjetivo, relacionado à pessoa em si e seus padrões de percepção. Com os peludinhos, acontece da mesma forma, cada organismo reage de forma diferente, sendo que alguns se sentem mais incomodados com os pelos compridos, sim!

Resultado? Tô indo ali marcar a tosa das minhas duas mocinhas. E vocês? Desapeguem, pelo cresce rapidinho e eu tô preferindo ter duas serelepes em casa do que duas mocinhas de vitrine!

E aí, quem aderiu ou aderirá ao pelo curtinho? Não se esqueçam de nos mandar fotos pela nossa fanpage, e contem suas experiências pra gente! E se quiser acompanhar o dia a dia da turminha, sigam nosso Instagram.

Tosa Higiênica

Olá, pessoal! Já conversamos sobre tosa bebê e agora queremos falar sobre uma tosa muito importante e que todo cão, principalmente os de pelagem longa, precisa fazer: a famosa tosa higiênica.

Trata-se basicamente de uma tosa para fazer a limpeza do excesso de pelos do cão. No caso do Shih Tzu, consiste em limpar patas, barriga e genitálias. Vamos falar de cada parte:

Patas: 

Nas patas a tosa pode ser feita de duas formas, sendo a primeira a tosa simples e a segunda a tosa poodle. Costumo fazer a tosa comum, em que o tosador (ou até mesmo o dono em casa) apara os pelos entre as almofadinhas das patas e arredonda os pelos em volta das unhas. A cada 15 dias ou mais também é feito o corte das unhas.

Barriga:

Na barriga também existem duas formas de tosar: a tosa comum e a tosa gestante.

Gosto de fazer tosa gestante no verão como uma forma de aliviar um pouco o calor. Nesse caso, é tosada toda a área dos seios do animal, deixando-os a mostra, o que facilita para os filhotes encontrarem as mamas e evita que comam os pelos.

Já a tosa comum é feita de acordo com o sexo do cão. No caso do macho, cortamos um pouco a mais do que na fêmea. Aparamos cerca de dois dedos, sendo utilizada uma máquina de tosa no pet shop (mas em casa podemos cortar com a tesoura mesmo).

Genitais:

Essa parte é um pouquinho mais complicada. Também muda de acordo com o sexo do cão.

-Macho: tiramos o excesso de pelo do pênis, do saco escrotal e do ânus. Como já disse acima, em pet shop é usado uma máquina de tosa, mas todo esse processo pode ser feito em casa. No bumbum pode ser feita a tosa comum (aparando cerca de um ou dois dedos ao redor do ânus) ou uma tosa mais cavada (em que se apara um pouco mais de três dedos da parte de baixo do ânus). Prefiro tirar mais da parte debaixo porque o coco costuma grudar nos pelos.

-Fêmea: tiramos o excesso de pelo da vagina e do ânus, sendo que em fêmea a tosa é cavada pelo fato de elas fazerem xixi agachadas e a vagina ser mais próxima do ânus.

 

Para cães de pelagem longa, alguns pet shops acrescentam como parte da tosa higiênica a remoção de excesso de pelos do bigode, do rabo, da cabeça e do corpo.

Bigode

É retirado todo excesso de pelo da trufa e próximo ao olho. Eu, particularmente, não gosto que retirem os pelos do bigode. Caso você não queira que cortem, sempre avise ao banhista ou tosador com antecedência.

Rabo

É retirado todo o excesso da ponta da cauda, deixando a cauda arredondada.

Cabeça

É retirado o excesso abaixo da cabeça e nas orelhas, também deixando a região arredondada.

Corpo

É retirado o excesso de pelos da ‘saia’, deixando toda a área entre as patas dianteiras e traseiras igualadas.

Toda essa parte final pode ou não ser considerado tosa higiênica, isso depende do pet shop e do tosador.

Lembrando que tudo o que você quiser a mais ou a menos precisa ser conversado com o seu tosador de confiança.

tosahigienica-01-01

Quer ficar por dentro das novidades? É só acompanhar a turminha no Facebook!

Resenha Intensive Mask PetSmack

PhotoGrid_1408456560768Você conhece o Intensive Mask com extratos de buriti e abacaxi, uma máscara de hidratação da PetSmack? Segundo o fabricante, o produto confere ação hidratante, nutrição celular e antioxidante, além de controlar a oleosidade da pele. Promete, ainda, um penteado macio, efeito antifrizz e redução de volume.

O que eu percebi: realmente o produto cumpre suas promessas, deixando a pelagem mais fácil de pentear mesmo após alguns dias. O volume fica visivelmente menor. O resultado é mais perceptível a partir do segundo banho. Outra vantagem dessa máscara é o tempo de repouso no pelo de apenas 5 minutos.

PhotoGrid_1408456651710

Como todo produto, as precauções são evitar o contato com olhos, boca e narinas. Caso entre em contato, lave com água em abundância e, caso haja irritação, suspenda o uso e procure o seu veterinário. 

 

Quer conhecer mais produtos? Acompanhe nossa Fanpage!

Sabão de Coco resseca os pelos?

Você conhece o Sabão de coco líquido Ecovet? O Laboratório Ecovet iniciou suas atividades em 1991, com sede própria, na fabricação de produtos veterinários.  Suas instalações cumprem o exigido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e pelos padrões internacionais de qualidade. Atualmente contam com mais de 170 itens de fabricação própria, ou seja, não terceirizam nenhum produto, pois só assim podem manter um rigoroso controle de qualidade. As matérias-primas utilizadas são certificadas e orgânicas, provenientes de fontes renováveis, da mais alta qualidade.

ecovet 02

De acordo com a marca:

Segmento: Cães, Gatos e Equino

Descrição: Foi especialmente desenvolvido para render e proporcionar o máximo na limpeza e higienização dos animais de pequeno, médio e grande porte. Com pH neutro e óleo nutritivo essencial de coco, é muito utilizado na pré-lavagem em banho e tosa e em concursos de beleza de animais.

Indicação: Para limpeza e higienização.

Modo de Usar: Aplique o produto sobre todo o corpo do animal já molhado, friccione e massageie até formar uma espuma abundante e cremosa deixando agir por 5 minutos. Enxague e seque, conseguindo assim um efeito natural e saudável.

Precauções: Em caso de contato com mucosas, lave somente com água. Em caso de irritação ou hipersensibilidade a algum componente da fórmula, lave somente com água e suspenda o uso. Mantenha o frasco bem tampado e fora do alcance de crianças e animais domésticos, em local seco e freso, ao abrigo da luz.

 

Comecei a utilizar sabão de coco depois de ler várias pessoas indicando. Aqui no banho uso sempre nas patinhas e no bigode e adoro, pois sinto que faz muita diferença. Além de retirar toda a sujeira, o pelo fica bem mais branquinho, evitando o uso do shampoo branqueador em todos os banhos.

Não diluo o produto na hora da lavagem, passo diretamente nas patinhas, fazendo movimentos circulares. Quando vejo que já tem bastante espuma, enxáguo. É nítida a diferença que faz.

Tirei algumas fotos do banho dessa semana, para que vocês terem uma ideia do que estou falando:

ecovet 01

Na minha opinião, o produto tem um preço ótimo: paguei R$ 12,00 na embalagem de 500 mL em uma loja de artigos para animais aqui no Rio de Janeiro. Como só uso nas patinhas e no bigode, acaba durando bastante! Você consegue encontrar, também, em vários sites de compra pela internet.

Acho que vale super a pena testar. Não acho que ressecou em nada o pelo dos meus Shih Tzus e só não uso no corpinho, porque não é necessário. Mas, se um dia precisar, irei usar sem medo. O cheiro é bem característico de coco, mas nada desagradável, e nada que pareça o detergente da cozinha. A consistência é super ok, fazendo com que o produto se espalhe com muita facilidade.

Conforme explicado na embalagem, o sabão de coco líquido Ecovet é para ser empregado na pré-lavagem, então depois sempre uso outro shampoo, máscara de hidratação e finalizo com um condicionador. E assim termina o banho.

Espero que tenham gostado da dica, e até a próxima! Já visitaram nossa fanpage hoje?