Vamos lavar os brinquedos?

yuppie lavando brinquedos

Depois de tanta brincadeira, chega a hora de fazer a higienização dos brinquedos! Aqui em casa lavo os brinquedos mensalmente. Vocês também tem o costume de lavar?

É importante fazer essa manutenção, afinal nossos peludos passam a maior parte do dia com seus brinquedos, mordem, carregam de um lado ao outro e até dormem com eles. A Alice já nos contou sobre o rodízio de brinquedos e podemos usar esse período para fazer a higienização.

Então vamos à limpeza! Como Fazemos?

As tutoras da turminha do Shih Tzu Café são adeptas a máquina de lavar roupas para a limpeza das pelúcias. Aqui eu lavo duas vezes, sendo a primeira com desinfetante ou butox e a segunda apenas com detergente neutro. Lavo duas vezes para que saiam todos os resíduos de desinfetante ou butox, pois as pelúcias ficam em contato direto com a boca do seu pet. Depois deixo secando ao ar livre, mas, caso você tenha uma secadora em casa, pode usar também!

Já os brinquedos de borracha ou plástico lavamos em água corrente com detergente neutro. Depois é só deixar secar naturalmente.

Aliás, é importante deixar os brinquedos secarem muito bem para não criar fungos e bactérias!

Manter os brinquedos do seu pet sempre higienizados faz bem à saúde dele. Evita o acúmulo de ácaros, germes, bactérias e fungos, que podem causar desde pequenas alergias até doenças estomacais.

Então vamos à faxina!

Anúncios

A escolha do Pet Shop

Atualmente o número de adeptos ao banho em casa vem aumentando, mas ainda existem muitas pessoas que não tem tempo, habilidade ou vontade de dar banhos em casa. Daí surgem dúvidas como “Em qual pet shop devo levar?” ou “Qual o melhor pet shop?”

Confesso que neste post não darei a solução a essas perguntas, mas pretendo mostrar o melhor caminho para achar um pet do seu gosto. Vamos lá!

O primeiro passo é visitar o máximo de pets possíveis, pois cada pessoa tem sua preferência. Eu mesma prefiro um pet que trate os cães com um certo carinho e que tenha vidro onde você possa acompanhar o banho.

O segundo passo é conversar e conhecer o espaço, se possível falar com os banhistas e tosadores. Fique presente em pelo menos um banho completo de seu cão, mas lembre-se de não ficar chamando ou agitando o cachorro enquanto ele toma banho. Isso atrapalha o banhista e o tosador, e você não conseguirá ver como o cão será tratado sem a sua presença.

Após o banho é importante verificar se seu cão não esta com algum machucado ou se terá alguma reação aos produtos utilizados. E, se no primeiro pet não der certo, não tenha medo de tentar em outros locais, afinal só saberemos o que é melhor para o nosso animalzinho testando.

A Thalyta também leva o Mylow em pet shop. Como será o local em que ela leva?

“O Mylow vai uma vez ao mês ao pet fazer a tosa bebê. Já passei por dois lugares diferentes. O primeiro lugar onde levei foi na própria clinica veterinária e, como lá não é aberto, só é permitida a entrada de funcionários no local. Assim, o dono não pode acompanhar o cão, o que não me deixava satisfeita… Ainda bem que o Mylow voltava hiper feliz! Além disso, nunca tive problemas com a tosadora e ele demostrava um imenso carinho por ela. Então fui apresentada a  um Pet Shop como manda o figurino, com espelhos, câmera e total segurança, mas justamente nesse houve um erro gigante do tosador: por mais que eu tenha enfatizado que não era para cortar o bigode do Mylow, ele cortou! A minha solução foi voltar para o antigo, que ele frequenta na base da confiança, mas toda vez que meu peludo volta faço uma revisão total do corpinho. E em ambos faço questão de saber se a temperatura da água é morna.”

A Alice também tem sua preferência e irá nos contar sobre o pet shop aonde leva a Dina Nina:

“A Dina Nina vai quinzenalmente ao pet shop para banho e hidratação. Uma vez por mês, é feita a tosa higiênica. O pet shop fica numa clínica veterinária, o que algumas pessoas não recomendam pelo medo de se misturar cães sadios com animais doentes. No caso da Dina, porém, nunca vi essa interação, já que o local possui três andares, sendo um dedicado ao banho e tosa e os outros a consultas e internações (atendimento veterinário).

Sou daquelas que me preocupo mais com a qualidade dos serviços prestados do que com a sofisticação do ambiente. A Dina se dá bem com o banhista, sempre volta alegre e cheirosa e nunca apresentou qualquer alergia aos produtos usados. Percebo que é querida pelos funcionários do local e acho uma grande vantagem que todos conheçam seu histórico de saúde.”

Quer acompanhar mais sobre a nossa turminha? Então curta nossa fanpage!

Tosa Higiênica

Olá, pessoal! Já conversamos sobre tosa bebê e agora queremos falar sobre uma tosa muito importante e que todo cão, principalmente os de pelagem longa, precisa fazer: a famosa tosa higiênica.

Trata-se basicamente de uma tosa para fazer a limpeza do excesso de pelos do cão. No caso do Shih Tzu, consiste em limpar patas, barriga e genitálias. Vamos falar de cada parte:

Patas: 

Nas patas a tosa pode ser feita de duas formas, sendo a primeira a tosa simples e a segunda a tosa poodle. Costumo fazer a tosa comum, em que o tosador (ou até mesmo o dono em casa) apara os pelos entre as almofadinhas das patas e arredonda os pelos em volta das unhas. A cada 15 dias ou mais também é feito o corte das unhas.

Barriga:

Na barriga também existem duas formas de tosar: a tosa comum e a tosa gestante.

Gosto de fazer tosa gestante no verão como uma forma de aliviar um pouco o calor. Nesse caso, é tosada toda a área dos seios do animal, deixando-os a mostra, o que facilita para os filhotes encontrarem as mamas e evita que comam os pelos.

Já a tosa comum é feita de acordo com o sexo do cão. No caso do macho, cortamos um pouco a mais do que na fêmea. Aparamos cerca de dois dedos, sendo utilizada uma máquina de tosa no pet shop (mas em casa podemos cortar com a tesoura mesmo).

Genitais:

Essa parte é um pouquinho mais complicada. Também muda de acordo com o sexo do cão.

-Macho: tiramos o excesso de pelo do pênis, do saco escrotal e do ânus. Como já disse acima, em pet shop é usado uma máquina de tosa, mas todo esse processo pode ser feito em casa. No bumbum pode ser feita a tosa comum (aparando cerca de um ou dois dedos ao redor do ânus) ou uma tosa mais cavada (em que se apara um pouco mais de três dedos da parte de baixo do ânus). Prefiro tirar mais da parte debaixo porque o coco costuma grudar nos pelos.

-Fêmea: tiramos o excesso de pelo da vagina e do ânus, sendo que em fêmea a tosa é cavada pelo fato de elas fazerem xixi agachadas e a vagina ser mais próxima do ânus.

 

Para cães de pelagem longa, alguns pet shops acrescentam como parte da tosa higiênica a remoção de excesso de pelos do bigode, do rabo, da cabeça e do corpo.

Bigode

É retirado todo excesso de pelo da trufa e próximo ao olho. Eu, particularmente, não gosto que retirem os pelos do bigode. Caso você não queira que cortem, sempre avise ao banhista ou tosador com antecedência.

Rabo

É retirado todo o excesso da ponta da cauda, deixando a cauda arredondada.

Cabeça

É retirado o excesso abaixo da cabeça e nas orelhas, também deixando a região arredondada.

Corpo

É retirado o excesso de pelos da ‘saia’, deixando toda a área entre as patas dianteiras e traseiras igualadas.

Toda essa parte final pode ou não ser considerado tosa higiênica, isso depende do pet shop e do tosador.

Lembrando que tudo o que você quiser a mais ou a menos precisa ser conversado com o seu tosador de confiança.

tosahigienica-01-01

Quer ficar por dentro das novidades? É só acompanhar a turminha no Facebook!

Resenha Intensive Mask PetSmack

PhotoGrid_1408456560768Você conhece o Intensive Mask com extratos de buriti e abacaxi, uma máscara de hidratação da PetSmack? Segundo o fabricante, o produto confere ação hidratante, nutrição celular e antioxidante, além de controlar a oleosidade da pele. Promete, ainda, um penteado macio, efeito antifrizz e redução de volume.

O que eu percebi: realmente o produto cumpre suas promessas, deixando a pelagem mais fácil de pentear mesmo após alguns dias. O volume fica visivelmente menor. O resultado é mais perceptível a partir do segundo banho. Outra vantagem dessa máscara é o tempo de repouso no pelo de apenas 5 minutos.

PhotoGrid_1408456651710

Como todo produto, as precauções são evitar o contato com olhos, boca e narinas. Caso entre em contato, lave com água em abundância e, caso haja irritação, suspenda o uso e procure o seu veterinário. 

 

Quer conhecer mais produtos? Acompanhe nossa Fanpage!

Meu cão pegou carrapato! E agora?

Só de ouvir esse nome já sinto arrepios… Imagina encontrar carrapatos em meio aos pelos dos meus pequenos! Pois é, tive esse desprazer.

Em meados de janeiro desse ano, me mudei de Campinas para São Paulo. Saí de um apartamento e vim para uma casa térrea com quintal grande, mais cachorros, muita área verde, rua sem saída e muitos vizinhos não tão preocupados quanto eu. Resultado? Infestação por carrapatos logo na primeira semana. Quase enlouqueci, corri imediatamente para o veterinário e pedi o máximo de informações. Afinal, antes eu não me preocupava tanto – e até achava que nunca aconteceria com a gente.

Descobri que, no Brasil, existem quatro tipos de carrapatos, sendo os mais comuns o carrapato-vermelho-do-cão (que transmite  babesiose canina e erlichiose, conhecida como “doença do carrapato”) e o carrapato-estrela (que tem como hospedeiros preferidos os eqüídeos, mas pode também parasitar bovinos, outros animais domésticos e animais silvestres).

Foram os 2 meses mais longos que já passamos… rs… Entre idas e vindas ao veterinário e muitos remédios sem resultado, com muita persistência consegui eliminar 100% dos carrapatos! Não foi fácil, mas espero ajudar com as dicas que vou repassar aqui.

1° higienizar o ambiente.

A primeira coisa a se fazer em caso de carrapatos é limpar o ambiente. Não apenas com produtos comuns de limpeza e sim com produtos específicos para matar esses bichinhos. No mercado pet existem vários tipos e marcas. Aqui, por ser casa térrea com quintal, a veterinária me indicou 2 diferentes:  Triatox para o quintal e K-Othrine para casa em geral. Ambos são venenos potentes, porém o Triatox é mais forte e promete alta proteção da área total, evitando assim que venham carrapatos de fora (das casas vizinhas, por exemplo). O K-Othrine tem um cheiro mais suave (por isso foi indicado para a área interna da casa) e ajuda a eliminar possíveis ovos ou filhotinhos que fiquem em locais de difícil alcance. Além desses produtos, existe também o Butox, que é o mais usado para manutenção dos ambientes tanto internos quanto externos.
Lembrando que todos são venenos e precisam ser manipulados com certo cuidado, com luvas e longe dos animais domésticos. Também nunca devemos dar banhos terapêuticos com esses produtos sem uma indicação veterinária, pois seu cão pode acabar tendo reações alérgicas e até mesmo vir a óbito.

2° eliminar os carrapatos do animal.

Por que esse passo está em segundo? Porque não adianta limpar o cão e ter focos em casa, o bichinho sempre dá um jeito de voltar… rs
Essa etapa é a mais difícil, usei várias pipetas de marcas variadas e nada resolveu. Acredito que as pipetas são ótimas para prevenção, mas após a manifestação, no meu caso, só funcionou o Frontline Spray. Enquanto testava as pipetas tradicionais, ia tirando os carrapatos com a mão mesmo, igual mãe faz com criança que tem piolho… rs
Mas no caso do carrapato temos que ter muito cuidado. Não podemos apertá-lo, o melhor é ter um vidrinho com álcool líquido e ir jogando os bichinhos lá dentro conforme forem retirados do cão. Na hora de puxar, temos que tentar ao máximo tirá-los inteiros. E não se assustem, eles fazem feridinhas no cão mesmo. 😦
Não usei nada tópico nas feridas, até porque já estava na luta das pipetas. Assim, conforme ia encontrando feridinhas, eu passava só um tico de álcool para aliviar. Depois de muitos carrapatos, pipetas e consultas veterinárias, veio a última tentativa: o lindo Frontline Spray! Um produto bem caro, mas com resultado excelente! Bastou uma aplicação seguindo as instruções do rótulo e do veterinário e os carrapatos simplesmente sumiram…
Mesmo sendo um produto indicado para uso tópico, não podemos esquecer dos cuidados básicos, como a utilização de luvas para aplicação e atenção para que o cachorro não vá ingerir o carrapaticida. Também temos que ter cuidados com os olhos e demais orifícios tanto do corpo do cão quanto do nosso. O ideal é passar em local bem aberto. O cheiro é bem forte no início, mas  depois de seco quase não se sente nada.
Lembre-se também de que todo produto carrapaticida deve ser usado 3 dias antes ou 3 dias depois do banho do animal.

3° manutenção.

Essa última etapa é, na minha opinião, a mais importante. A manutenção deve ser feita semanalmente, especialmente da casa. Sim, toda semana lavamos o quintal com Triatox e passamos K-Othrine dentro de casa. Porque tudo isso? Aqui onde moro tem muito foco de carrapatos, cães que tem donos mas vivem na rua, gatos pulando de telhado em telhado, entre outras coisas.
Claro que, para quem mora em lugar com menos movimentação, a manutenção pode ser mais espaçada, entretanto pelo menos no primeiro mês após o fim da manifestação acho bom fazer toda semana. Afinal, nunca sabemos o que sobrou naquele cantinho da parede né… rs
Também é bom manter o uso da pipeta sempre em dia e verificar no rótulo qual o período de proteção de cada produto. Já vi casos de um produto proteger por 90 dias contra carrapatos e apenas 30 contra pulgas (ou vice-versa).
É sempre importante ler bem o rótulo de todo produto antes mesmo de comprar.

Estou desde março completamente livre dos carrapatos e espero que essa minha experiência não tão positiva ajude quem estiver passando pelo mesmo problema. Destaco também que passei várias vezes pelo veterinário e é de suma importância esse acompanhamento! Carrapatos podem transmitir doenças e só seu veterinário de confiança saberá como ajudar nesse caso.

Aproveite e curta a nossa fanpage! Temos sempre novas dicas para vocês!

Resenha Thermo Active Argan Complex

10423414_745857182102112_797662524_n   Quem curte ou precisa colocar roupinhas no seu peludo? Eu adoro e acho que fica super lindo e fofo… parte 1   Mas quando tiro a roupa para a escovação diáriaparte 2 Dá até vontade de chorar 😦

Daí, em uma das minhas compras, pedi um produto novo: o spray finalizador Thermo Active Argan complex da Pet Society. Esse líquido tem sido muito útil e quase milagroso para mim. Com óleo de Argan e queratina, ele promete efeito termoprotetor, brilho e hidratação ao pelo e à pele.

Na embalagem diz para passar o produto na pelagem seca, mas também pode ser usada na secagem pós banho. Também diz que pode ser usado apenas após 8 semanas de vida.

Eu aplico cerca de 3 borrifadas, como precisa ter uma pequena distância acaba borrifando em toda pelagem. Em seguida faço a escovação normalmente. Depois o efeito é o máximo, como se nunca tivesse embolado!

parte 3

Penteados passo a passo: Copa 2014

Aaaahh! Chegou a tão esperada Copa! Época de vestir a bandeira e torcer muito! A turma do Shih Tzu Café não podia ficar de fora. Claro que não nos esquecemos dos nossos leitores e preparamos dicas rápidas para deixar os peludinhos no clima da Copa.

Então vamos lá!

Para todos os penteados vamos usar os mesmos itens:

 

– Pente10438762_755289201158910_391277973_n

– Elásticos

– Laços Verde e Amarelo

 

 

 

Penteado n°. 1:

parte final

Para este penteado, primeiro vamos escovar o pelo sem prender. Em seguida separamos uma pequena mecha e prendemos com um elástico (escolhi as cores do Brasil para os elásticos também).

parte 1

Em seguida repartimos o pelo ao meio. Separo 2 mechas e divido aquela mecha inicial para se juntar às outras e entãos prendo com elásticos.

parte 2

E por último separo uma mecha larga atrás das demais e a divido em 3 partes. As duas mechas da frente também separo para formar 3 mechinhas que junto às outras. Prendo com elásticos e daí é só acrescentar os laços – ou não!  rsrs

parte 3

 

 

Penteado nº. 2:

tiara final

Esse é bem mais fácil do que o penteado anterior! Após a escovação, penteio todo o pêlo da cabeça para um lado só, a partir daí vou separando mechas e prendo com elásticos. Separo em 4 partes. Depois é só colocar os laços ou pompons.

tiara completo

Para o da Lillith fiz da mesma forma, só que os pelinhos ficam espetados por ser mais curto, então não estranhem caso seu baby seja filhote ainda.

 

Penteado nº. 3:

lateral 13

Neste, após a escovação, penteio todo o pelo da cabeça para o mesmo lado. Depois separo um mecha na lateral e prendo com um elástico, em seguida faço outra mecha e prendo as duas juntas, assim vou repetindo até chegar do outro lado.

lateral parte 1

Após fazer a frente, separo uma mecha grande em toda a parte de trás e prendo junto com o ‘rabinho’ que ficou no final. Depois é só acrescentar o laço para finalizar!

lateral parte 2

Nesse penteado você também pode ir intercalando elásticos e laços para ficar mais decoradinho.

 

E assim a Turminha do Shih Tzu Café entra no clima da copa para torcer muito pelo nosso Brasil!!!

 Aproveita e curte a nossa Fanpage! 

turminha de copa