Obesidade canina – vamos evitar?

É, não somos só nós humanos que sofremos com a balança – e aqui em casa eu tenho dois exemplares de shih tzus plus size. Fato é que, sendo o cachorro o animal de estimação mais domesticado e humanizado, acaba adotando hábitos nossos. Não é à toa que dizem que o cachorro imita o dono, e imita até nos hábitos alimentares. Assim, ao mesmo tempo que é um privilégio ser o mais bem cuidado e receber muita atenção, o cão adquire, também, os maus hábitos.

No meu caso, tomo muito cuidado, sobretudo por ter uma peludinha que está passando dos 8 kg – então me preocupo com cada grãozinho de ração que dou para ela. Sim, eles puxam aos donos e não estou assumindo ser obesinha e noiada com cada caloria ingerida – já estive em melhor forma, mas estou longe de ser classificada como obesa. O grande diferencial é que, ainda que eles adotem nossos hábitos, os cachorros só comem aquilo que lhes é oferecido. Então, que tal conhecer os riscos a que estamos expondo-os ao dar mais ração só para que parem de latir? Ou pior, ceder e oferecer chocolates, biscoitos e outros alimentos humanos totalmente NÃO recomendados aos nossos melhores amigos?

Muitos acham que um animal gordo é sinônimo de fofura. Outros enchem-nos de comida porque acham que é sinônimo de amor e cumplicidade e que devam satisfazer todas as suas vontades. ERRADO! Esses hábitos não só diminuem a qualidade de vida do animal, como encurtam o tempo que ele passará ao seu lado.

Ok, sei que deve ser um saco controlar suas próprias calorias, e daí eu to aqui sugerindo aos meus amiguinhos leitores que façam o mesmo com seus animais. Mas o intuito é o mesmo: vida saudável e longevidade.

E como descobrir que meu amiguinho está acima do peso?

Bem, a orientação é a velha apalpação nas laterais do cachorro na altura das costelas. Devemos sentir as costelas normalmente, sem que estejam muito salientes (sinal de que o cachorro está com baixo peso) e nem com muita dificuldade. Num olhar mais clínico, e que deve ser feito por profissionais da área, fatores como peso e perímetro toráxico entrarão numa equação não muito convencional (pelo menos para mim, uma humilde advogada que mal soma e subtrai – e ainda se arrisca dividindo e multiplicando, rs). Como em todos os outros casos, o blog recomenda: Leve seu amiguinho periodicamente ao veterinário e esse saberá indicar se há sobrepeso.

Sendo assim, que tal descobrir quais os riscos e problemas que podem ser evitados?

Não atuo em nada da área de biológicas, mas excesso de gordura acarreta em maior pressão sobre o coração, pulmões, rins e articulações. Um cãozinho mais gorduchinho também precisa de dosagem maior de remédios e anestesias, o que ataca diretamente seus rins e estômago (sobretudo quando se trata de antibióticos). Ainda cito agravamento de doenças articulares, desenvolvimento de problemas respiratórios em tempo quente e durante exercício, desenvolvimento de diabetes, aumento da pressão sanguínea, que pode originar problemas cardíacos (alguns estudiosos da área sustentam que a vida de um animal é calculada pela quantidade de seus batimentos cardíacos, tirando uma média. Um cãozinho que esteja acima do peso exige mais do coração para que o sangue seja bombeado para todos os pedacinhos do seu corpo, inclusive a gordurinha que foi se criando pelo excesso de comida), aumento da probabilidade de desenvolver tumores, problemas gastrointestinais e até perda da eficácia do sistema imunológico.

Daí eu indago, é isso que queremos para nosso melhor amigo? Aquele que nos recebe com o maior carinho ao chegarmos em casa, aquele que no meio da noite nos acompanha ao banheiro mesmo quando a vontade é de continuar deitado curtindo a preguicinha?

Nós acabamos sendo impulsionados pela estética, e consequentemente, atingimos o bem estar. Ótimo! Mas tem também quem diga que não liga para aparência e que se sente bem com as gordurinhas a mais. Porém bom senso é essencial e vale lembrar que nossos peludinhos não conhecem estes estados de ânimo próprios dos donos e é bem melhor que ofereçamos uma vida mais calminha e o mais longa possível.

Então sugiro sempre seguir à risca a quantidade indicada no pacote da ração de acordo com o tamanho do peludo e dividindo a porção pelas quantidades diárias de alimentação do amiguinho. Mas e se, mesmo assim, seu cãozinho ainda apresentar um sobrepeso?

Bem da verdade que nem sempre a obesidade é por comer em excesso. E então seria bom dar um pulinho no veterinário e checar hormônios e glândulas que influenciem no peso corporal do animal.

Também é bom lembrar que cães castrados apresentam tendência à engordar.

E como podemos evitar a obesidade?

Medidas simples podem ser adotadas:

1. Convencer-se do estado de obesidade do seu cão e observar tudo o que o animal come durante o dia.

2. Reduzir 20 a 40 % o valor energético da sua ração (sem diminuir o volume, pois os nutricionistas demonstraram que o cão acostumado a um certo volume de alimentos, tende a mantê-lo, mesmo que a alimentação seja menos energética).

3. Fracionar a ração ao longo do dia, pois mantém seu animalzinho saciado sempre.

4. Procurar por alimentos dietéticos, vendidos pelos veterinários, especiais para vencer a obesidade. Uma ração especial para cães obesos é fundamental e já existem muitas diferentes marcas disponíveis no mercado.

5. Dispensar as guloseimas e tudo o que for excedente. Ficar somente com a porção diária da ração, em quantidade reduzida, que já o saciará

6. Fazer com que beba tanta água quanto seja possível.

7. Impor-lhe um exercício físico regular. Passear diariamente ajuda tanto ao peludinho quanto à você!

8. Estabelecer um programa preciso de emagrecimento junto com o veterinário que o trata.

9. Comprovar regularmente os progressos obtidos com a ajuda de uma balança e apontar os resultados num diagrama.

10. Uma vez que se encontre em forma, manter um regime de conservação para evitar a recaída (este regime será 10% inferior ao que o cão comia antes de ficar obeso).


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece no blog? Então curta a nossa fanpage!

Anúncios

Resenha – Intensificador de brilho PetGroom para cães e gatos Duda-Rose

montagem04

De acordo com uma Marca:

“Repara Pontas Duplas, promovendo Brilho e maciez.”

Hoje vou falar sobre um produto que está fazendo milagres nos pelos da Jolie. Juro! Fico de boca aberta com a diferença que ele faz na finalização da escovação. O produto da vez é um óleo super fino que eu espirro entre os pelos da pequena Jolie após a secagem, transformando aquela pelagem indisciplinada em madeixas lindas, com brilho e no lugar.

Acho que não tem muita coisa pra falar, pois as fotos já dizem por si:

montagem07

É  um produto que dura bastante e não é tão caro assim, com o preço variando entre R$25,00 e R$28,00 (130ml), e eu digo pra vocês: vale cada centavo. Ele não é um silicone super denso, é bastante leve e espalha super bem, sem deixar aquele aspecto oleoso que alguns finalizadores deixam. O cheiro é suave e super agradável.

Muita gente acha que, passando óleo finalizador no animal, vai grudar mais sujeira no pelo. Deixo claro que, pelo menos com meus cães, isso é um mito, pois não vi nenhuma diferença nesse sentido.

montagem06

 

Vou explicar como faço nas fotos abaixo:

Coloco a Jolie de lado e com a ajuda de um pente separo o pelo em camadas e vou borrifando de longe produto. Então pego mais uma mecha de pelo e repito o processo até chegar ao meio. Depois viro a peluda e faço a mesma coisa do outro lado. Quando termino as duas partes, com uso um pente para espalhar bem o produto em varias direções e não ficar muito artificial, penteando todo o pelo. Para finalizar, reparto no meio e está pronto! Um pelo brilhoso, cheiroso e sedoso!

montagem05

Espero que tenham gostado da dica, até a próxima.

Guia de compras pet: Orlando

petshop orlando

E daqui uns dias chega Julho! Mês de férias pra muitas pessoas. Alguém aí vai viajar? Quer dicas de compras de produtos pet pro seu filhote em Orlando? Então vamos lá!

Orlando, conhecida como capital da diversão, paraíso das compras, terra da fantasia e vários outros apelidos bastante convidativos, pode ser o lugar ideal pra você encontrar presentes bem legais pro seu mascote. Comecemos pelo lugar mais básico de todos: Walmart. Supermercado? Sim, supermercado! Em Orlando há Walmarts gigantescos, onde você encontra várias coisas pro seu cãozinho, como brinquedos, shampoos, roupinhas, coleiras, escova, etc. E não pense que estamos falando de marcas sem qualidade! Nada disso! São cosméticos super cheirosos da Pet Head (conhece a mundialmente famosa Bed Head? É a linha canina da mesma marca!), escovas Oster, etc. A vantagem é que muitas lojas funcionam 24 horas, então sempre que sobrar um tempinho você pode dar um pulinho lá.

foto (1)

Então vamos à Target e sua irmã maior, a SuperTarget. Nessa espécie de Walmart com algumas marcas mais “chiques”, você encontra de tudo um pouco. Até produtos Kong tem por lá! Que tal colocar um kong classic, bem como vários tipos de recheios, no carrinho? Ou um kong wobbler, pra estimular a inteligência do peludo? Cada loja funciona em horário diferente, variando conforme os dias da semana.

Grandes lojas de departamentos, como Ross, Sears e Burlington também costumam ter seções voltadas pros pets. Lá os produtos variam conforme a disponibilidade, mas há comedouros, brinquedos, coleiras e, principalmente, roupinhas. Muitas roupinhas! Como a Dina não usa, não prestei muita atenção nessa parte. Mas ressalto que nessas lojas, muitas vezes, você precisará “garimpar” os produtos, especialmente no fim do dia quando a bagunça dos clientes já tomou conta.

Se você procura por produtos diferenciados, em Downtown Disney há a Happy Hound, um quiosque super descolado focado nos nossos mascotes. Lá você encontra desde quadrinhos específicos de cada raça até enfeites para coleiras, roupas, plaquinhas de identificação e brinquedos. O preço é um pouco mais alto, mas não deixa de ser uma opção interessante e divertida de presente!

thita

E Pet shops? Não há? É claro que há! As principais são PetCo e PetSmart. Ambas são enormes e repletas de produtos para todas as espécies de animais. Em ambas você encontra desde rações a medicamentos, passando por casinhas, camas, comedouros automáticos e todo tipo de artigos de higiene. Gostei mais da PetSmart, pois a variedade de brinquedos é maior. Trouxe produtos kong e kyjen (os preferidos da Dina), além de alguns brinquedos da Martha Stweart e PetStages.

Um item que valeu muito a pena foi um clipe para fechar o pacote de ração (PetCo). Outros produtos muito úteis foram: uma guia retrátil (Ross), coleira em formato halter (PetSmart) e rolo para tirar pelos da roupa (Walmart). Porém, nada fez tanto sucesso com a Dina e os demais cães presenteados quanto os brinquedos!

brinquedos

Já curtiu nossa fanpage? Passa lá!

Resenha Thermo Active Argan Complex

10423414_745857182102112_797662524_n   Quem curte ou precisa colocar roupinhas no seu peludo? Eu adoro e acho que fica super lindo e fofo… parte 1   Mas quando tiro a roupa para a escovação diáriaparte 2 Dá até vontade de chorar 😦

Daí, em uma das minhas compras, pedi um produto novo: o spray finalizador Thermo Active Argan complex da Pet Society. Esse líquido tem sido muito útil e quase milagroso para mim. Com óleo de Argan e queratina, ele promete efeito termoprotetor, brilho e hidratação ao pelo e à pele.

Na embalagem diz para passar o produto na pelagem seca, mas também pode ser usada na secagem pós banho. Também diz que pode ser usado apenas após 8 semanas de vida.

Eu aplico cerca de 3 borrifadas, como precisa ter uma pequena distância acaba borrifando em toda pelagem. Em seguida faço a escovação normalmente. Depois o efeito é o máximo, como se nunca tivesse embolado!

parte 3

Protegendo seu cãozinho na Copa

A Copa do Brasil chegou! Hora de torcer, de enfeitar a casa, de festejar com a família… Mas um momento tão divertido pros humanos pode ser aterrorizante pros cães, graças aos fogos de artifício. Com esses primeiros jogos, você provavelmente já conseguiu observar como seu filhote se comporta.

A maioria dos cães fica bem assustada com o barulho e os clarões no céu. E os donos muitas vezes reforçam esse comportamento, ao mimar ainda mais o cãozinho assustado, pegá-lo no colo durante as crises, falar com voz de bebê, etc. O que pode parecer uma boa idéia, na verdade é bem prejudicial, pois o animal passará a associar medo a carinho, e aí será mais difícil controlar a situação. E atenção: também não adianta punir o cachorro!

medo de fogos

Mas o que posso fazer para ajudar meu amiguinho?

A prevenção é sempre o melhor remédio! O ideal é tentar dessensibilizar o cachorro, ou seja, expô-lo gradativamente aos sons assustadores enquanto a vida segue normalmente. Em outras palavras: você pode gravar os barulhos que assustam seu pet (ou buscar na internet) e colocar baixinho para ele ouvir. Enquanto isso, você age como se nada estivesse acontecendo, ou então procura envolver o cão em alguma atividade que ele goste, como buscar a bolinha ou comer um petisco. Faça isso diariamente, aumentando aos poucos o som.

Lembre-se que o aumento do volume deve ser bem lento, então o ideal é começar o processo de dessensibilização com várias semanas de antecedência. E se, em algum momento, seu cão se mostrar assustado ou nervoso com o barulho, reduza o volume, para não correr o risco de perder todo o progresso obtido.

Não consegui dessensibilizar meu cachorro. E agora?

Nesse caso, você pode usar técnicas para minimizar o problema. Em dias de jogos, procure deixar as janelas fechadas, se possível com cortinas grossas, cobertores ou até mesmo um colchão para abafar o barulho. Deixar um ventilador ou aparelho de ar condicionado ligado ou uma música suave tocando também ajuda a mascarar o som dos fogos.

É interessante, ainda, oferecer um local onde seu cão possa se refugiar. Pode ser a caixa de transporte (mantendo a porta aberta), uma casinha, embaixo de uma poltrona, uma cabana ou qualquer outro lugar em que seu bichinho se sinta seguro.

Tranque bem todas as portas e janelas, para evitar fugas. E vale a pena colocar uma medalhinha (plaquinha de identificação) com o nome e telefone no pescoço do seu cão, pois é sempre melhor prevenir – e ainda vai facilitar a recuperação do seu filhote caso, mesmo com todas as precauções, ele consiga escapulir.

foto 1

Retire objetos perigosos do ambiente, como aqueles de vidro ou pontiagudos. Jamais deixe seu cão preso em uma corrente, pois num momento tão estressante ele pode acabar se enforcando enquanto tenta se proteger. Aliás, se for possível, permaneça com seu animalzinho durante os jogos, para que ele não fique sozinho.

E o mais importante: mostre-se confiante diante dos barulhos. Os cães são mestres em linguagem corporal, e ver o dono calmo vai ajudar nesse momento! Assim, a Copa se torna agradável para você e seu melhor amigo!

shih tzu cafe na copa

Penteados passo a passo: Copa 2014

Aaaahh! Chegou a tão esperada Copa! Época de vestir a bandeira e torcer muito! A turma do Shih Tzu Café não podia ficar de fora. Claro que não nos esquecemos dos nossos leitores e preparamos dicas rápidas para deixar os peludinhos no clima da Copa.

Então vamos lá!

Para todos os penteados vamos usar os mesmos itens:

 

– Pente10438762_755289201158910_391277973_n

– Elásticos

– Laços Verde e Amarelo

 

 

 

Penteado n°. 1:

parte final

Para este penteado, primeiro vamos escovar o pelo sem prender. Em seguida separamos uma pequena mecha e prendemos com um elástico (escolhi as cores do Brasil para os elásticos também).

parte 1

Em seguida repartimos o pelo ao meio. Separo 2 mechas e divido aquela mecha inicial para se juntar às outras e entãos prendo com elásticos.

parte 2

E por último separo uma mecha larga atrás das demais e a divido em 3 partes. As duas mechas da frente também separo para formar 3 mechinhas que junto às outras. Prendo com elásticos e daí é só acrescentar os laços – ou não!  rsrs

parte 3

 

 

Penteado nº. 2:

tiara final

Esse é bem mais fácil do que o penteado anterior! Após a escovação, penteio todo o pêlo da cabeça para um lado só, a partir daí vou separando mechas e prendo com elásticos. Separo em 4 partes. Depois é só colocar os laços ou pompons.

tiara completo

Para o da Lillith fiz da mesma forma, só que os pelinhos ficam espetados por ser mais curto, então não estranhem caso seu baby seja filhote ainda.

 

Penteado nº. 3:

lateral 13

Neste, após a escovação, penteio todo o pelo da cabeça para o mesmo lado. Depois separo um mecha na lateral e prendo com um elástico, em seguida faço outra mecha e prendo as duas juntas, assim vou repetindo até chegar do outro lado.

lateral parte 1

Após fazer a frente, separo uma mecha grande em toda a parte de trás e prendo junto com o ‘rabinho’ que ficou no final. Depois é só acrescentar o laço para finalizar!

lateral parte 2

Nesse penteado você também pode ir intercalando elásticos e laços para ficar mais decoradinho.

 

E assim a Turminha do Shih Tzu Café entra no clima da copa para torcer muito pelo nosso Brasil!!!

 Aproveita e curte a nossa Fanpage! 

turminha de copa

Resenha – Máscara para hidratação Chocolate Branco PetGroom – Para Cães e Gatos

montagem01

De acordo com a marca:

“Escova de chocolate Branco:

Nutre e hidrata os pelos, garantindo um crescimento saudável.

Seu cãozinho ganha um pelo brilhante, livre de nós, recuperando a resistência dos fios, permitindo uma pelagem longa e sedosa.

A Escova de Chocolate Branco PetGroom possui uma formulação rica e equilibrada podendo ser utilizada semanalmente em todas as raças a partir do 4º mês de vida de cães e gatos, em qualquer tonalidade de pelo.

Um produto Top de Linha, com fragrância exclusiva, deixando seu animal limpo e cheiroso por 1 semana.

Experimente e surpreenda-se!”

 

Hoje venho falar de uma máscara cuja qualidade sempre me surpreende, especialmente por não ser cara: o pote de 500 g custa cerca de R$ 24,00, enquanto o de 1 kg sai a R$32,00. Acho um preço OK, pois realmente cumpre a função.

Ela é consistente, tem um cheiro de chocolate branco super leve e agradável. Mas o que eu mais gosto é do efeito emoliente instantâneo que ela dá, é incrível! O pelo do seu pet pode estar super grosso depois de usar o shampoo que, na hora que você vem com a mascara, o pelo fica extremamente maleável e fino.

montagem02

Eu uso tanto na Jolie (que tem o pelinho grande e fininho), quanto no My (que usa a tosa bebe e já tem muito subpelo). Acho que hidratação nunca é demais, e ajuda bastante no período entre um banho e outro, fazendo com que o pelo não embole tanto. Como eu geralmente penteio meus filhotes umas 2 vezes na semana, e eles raramente tem nós, acredito que o segredo está numa boa hidratação.

Ela foi uma super surpresa pra mim, e fico muito feliz em poder dividir isso com vocês, porque muitas vezes temos vontade de comprar um produto, mas não existe de fato uma resenha de uma pessoa imparcial sobre ele. Eu me joguei às escuras nessa marca, e a Petgroom a cada dia me surpreende mais com a sua qualidade – deve dar para perceber, já que é o terceiro produto da marca que resenho pra vocês. Espero que estejam gostando.

 Aqui vou deixar  algumas fotos da Jolie e do Mylow depois do uso da máscara:

montagem03