Petiscos: industrializados!

petiscos industrializados
Quando vamos ao pet shop, nos deparamos com dezenas, senão centenas, de petiscos para os nossos peludos. Dos mais variados formatos e cores, esses lanchinhos prometem os mais diversos benefícios: limpam os dentes, acalmam, divertem, melhoram a pelagem e por aí vai. Também tem pra todo tipo de cão: grande, pequeno, filhote, idoso, gravidinhas, de pelo longo, pros mais agitados, enfim, tem petisco pra caramba!
O petisco é um agradinho, um prêmio por alguma coisa de bom que seu cão tenha feito, uma forma de dizer “muito bem, amigão” com mais ênfase. Mas temos que lembrar que petiscos não devem e nem podem substituir a alimentação. E tem limite: você só pode dar até 10% do peso total  de “comida normal” (ração ou alimentação natural) que seu cão ingere por dia!
Tino aguardando o "ok" para comer o petisco

Tino aguardando o “ok” para comer o petisco

Encontramos no mercado pet muitos petiscos com corantes, aromatizantes e conservantes. São bonitinhos, cheiram a carne e são suuuuper práticos, pois não estragam tão cedo. Mas isso não é nem um pouco saudável para seu pet e pode trazer diversos problemas de saúde a longo prazo.
Corra dos muito coloridos, daqueles tão brancos como uma folha de papel e dos que possuem muitos conservantes. Essas substâncias, com o passar do tempo, podem trazer muita dor de cabeça para o seu pet. Outro item que acaba trazendo muita dor de cabeça são os ossinhos de couro: o cão pode se engasgar e até se asfixiar com ele! Além desses, temos também “petiscos comemorativos”. Panetone, ovo de páscoa e chocolate específicos para cães (não faz alocka e confunde com de humanos não! esses produtos imitam os nossos, mas são preparados sem ingredientes poribidos para cães, como chocolate e açúcar!) são alguns deles. O melhor é evitar, mas vez ou outra, pra fazer uma graça, não tem quem não dê, né? Mas veja lá; de veeeeeez em quando, só e datas especiais, viu?
Dos industrializados, procuro oferecer ao Capuccino apenas palitinhos probióticos (mas, vez ou outra, não resisto e dou um biscoitinho canino também. Aqueles em formato de ossinho, sabe?). Outra opção são petiscos mais naturebas, caseiros, mas vendidos prontos em pet shops. Já vi de cenoura e manjericão e de maçã por aqui e sempre tive vontade de levar pro meu gordinho! São mais caros? São. São menos bonitinhos? Talvez. Mas são muuuuito melhores pra nossos cães e evitam problemas de saúde futuros, provenientes de uma economia besta por agora.
Guloso!

Guloso!

Anúncios

2 comentários sobre “Petiscos: industrializados!

  1. Outro artigo muito bacana! Parabéns!
    Eu costumo fazer alguns petiscos em casa para a Kairi. Me divirto cozinhando para ela e tenho certeza do que ela come!

    • Obrigada, Carol!
      Realmente, pra saber exatamente o que eles comem, só fazendo mesmo, né? E sabemos que é um petisco de qualidade!
      Já mandou foto da Kairi lá na fanpage? Se não mandou, manda pra gente conhecer sua fofura!
      Beijo meu e lambida do Tino!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s