Hidrapet – hidratação profunda!

Meu ‘xodó’ de todo banho! Para quem não conhece: o Hidrapet! Ele é um creme pós-banho simplesmente ótimo e com um cheirinho maravilhoso! Utilizo esse produto na pequena Melissa, desde quando ela tem 3 meses. Na época foi por orientação da dermatologista, depois que ela desenvolveu um quadro de fungo. Então, após o tratamento específico, comecei a utilizá-lo como forma de prevenção. Segundo a veterinária, ele seria um forte aliado, pois além de trazer uma série de benefícios para a pele e para o pelo do animal, auxilia na prevenção contra fungos e alergias, pois cria uma camada protetora, similar ao sebo, que protege contra as ações externas do dia a dia.

hidrapet

1- Pele normal com produção de sebo / 2- Pele ressecada com pouca produção de sebo / 3- Pele hidratada com Hidrapet

Ele é um hidratante natural pra pele e pelo, devendo ser aplicado com o pelo ainda úmido ou, em casos excepcionais, já seco. Em sua composição há um exclusivo óleo de macadâmia, ceramida e combinação de silicones. Sem contraindicações quanto à idade, se é filhotinho ou idoso, ou se ele é ‘peludinho’ ou ‘carequinha’. O produto pode ser utilizado em todas as estações do ano, mas, com a aproximação de temperaturas mais baixas, muitos cães sofrem com ressecamento da pele, e o uso semanal do Hidrapet pode ajudar bastante.

Só vale ressaltar que o Hidrapet não é uma mascara de hidratação e nem uma fórmula para ter um pelo perfeito, mas sim um rico hidratante de ação profunda. Ele proporciona os seguintes benefícios:

Hidrapet-Agener

À pele: Toque suave, sedoso e não gorduroso, mantém a pele flexível, difusão no extrato córneo retendo a umidade e a hidratação.

Aos pelos: maciez, volume, brilho, resistência e vigor, além de facilidade de desembaraço.

Modo de usar: Após o banho, remova o excesso de água com uma toalha e aplique a quantidade equivalente a uma moeda de ‘R$1,00’ de Hidrapet na palma da mão, esfregue o conteúdo em ambas as mãos (para facilitar a aplicação) e em seguida espalhe por todo o corpo do animal. Massageie para assegurar que o produto entre em contato com a pele e seque o animal como o de costume. Não é necessário enxaguar e pode ser utilizado em todos os banhos.

Onde encontrar: facilmente encontrado em lojas físicas e onlines  de ‘PetShop’. Disponível nas versões de 100g e de 500g.

 Curta nossa Fanpage!

Anúncios

Faça você mesmo – Lacinhos de Páscoa!

E então depois de termos tido uma experiência bem legal fazendo fantasias de carnaval (veja aqui a fada sininho, o palhacinho e o dinossauro) e também um suporte para bilha, trouxemos hoje um novo passo a passo considerando a época em que nos encontramos. Afinal, se é páscoa, que nossos peludos ganhem orelhas grandes, olhos vermelhos e pelos lisinhos. Que todos os bichinhos fiquem coelhinhos formosos e amassáveis!

Você vai precisar:

  • 18 cm de fita de cetim nº 3
  • 1 folha EVA branca
  • Uma tira de filó
  • Liguinhas ortodôncias
  • Cola de Silicone
  • Agulha e linha

 

material

 

Mãos à obra!

Primeiro você queima as pontinhas da fita para não ficar desfiando. Depois, dobre-as feito na foto para ficar parecendo orelhinhas de coelho. Costure deixando naquele jeitinho.

fotos2,3,4

 

Daí vamos desenhar a cabeça do coelhinho no EVA branco e recortar feito como na foto abaixo. E então você desenha olhinhos e nariz do coelho. ATENÇÃO: Depois de desenhar NÃO passe o dedo nem queira apertar onde está desenhado, pois a tinta da caneta demora para secar na folha de EVA e pode manchar todo seu coelhinho.fotos5,6

 

Na etapa seguinte iremos colar o rostinho do coelho na orelha com um pingo de cola de silicone.

O filó você vai dobrá-lo no formato de um retângulo. Costuramos o centro e deixamos no formato de um laço.

fotosfilo

Já aproveitamos a agulha e a linha e unimos ao rosto do coelho costurando pela fita e ainda pregamos as liguinhas. Uma dica é antes de costurar a liga esticá-la para se certificar de que estão boas para uso. E eu prefiro sempre ter duas liguinhas em cada laço porque, com duas cadelas, a chuca tem que ser bem feita.

lacos1

 

Prontinho! Gostaram?!?

lacos coelho

 

E não parei nesse modelo e fiz orelhinhas de EVA mesmo. Bem simples, querem tentar?

Você precisará de:

  • Cola de EVA
  • 01 Folha de EVA branca
  • 01 Folha de EVA cor da pele
  • 01 Marabu de cor a sua escolha
  • 01 laço simples de banho e tosa
  • Agulha e linha
  • Ligas ortodônticas

material2

 

Desenhe no EVA o formato da orelha a ser cortada. Corte-o.

molde

 

Com a folha de EVA cor da pele, faça os detalhes internos da orelha e pregue-os com cola de EVA.

moldecolado

 

Após, corte um pedaço do marabu do tamanho certo para ficar na extensão da orelha desenhada. Cole-o com cola de silicone.

foto 5

 

Como adoro detalhes, preguei um lacinho em cima do marabu (com cola de silicone). Amarre as liguinhas com agulha e linha e…

foto 2 (3)

 

Prontinho! Coelhinhos fofos pela casa!

Agora diz, quem aí vai ficar sem coelhinhos para a páscoa?!

foto (1)

Um ovo, dois ovos, três ovos assim…

Cuidado com o chocolate!

tino-pascoa
Capuccino ajudou o Coelho da páscoa a entregar alguns ovos este ano…

Por mais que a Páscoa não seja sóóó sobre chocolate, é impossível negar que eles são muito presentes nessa comemoração. E, com um ovinho pra cá, um bombonzinho pra lá, é importante lembrar que cães não podem, em hipótese alguma, comer chocolates. Ao leite, branco, amargo, tá tudo proibido, galera!

Uma substância presente no cacau é tóxica para cachorros e, em pequenas quantidades, já pode ocasionar vômitos e diarreias. Em casos mais graves, o animal pode apresentar alterações neurológicas como dificuldade de coordenação motora, excitabilidade e convulsões. Cada cão tem uma resistência diferente às diversas substâncias, mas o melhor é manter seu cãozinho bem longe dessa guloseima, que pode até matar. Além dos riscos de intoxicação, o chocolate pode ocasionar obesidade, problemas nos dentes e até mesmo diabetes.

Eu conheço um cachorrinho que comeu um ovo de Páscoa quase inteiro e tá aí, vivinho da silva? Conheço. Mas também conheço um cão de grande porte que, com uma lasquinha, ficou mais doido que o Batman e  ficou pulando de uma cadeira pra uma mesa, alucinado e quase tendo um ataque do coração. Em todo caso, é melhor não correr o risco.

Uma alternativa legal pra quem quer que o cão entre no clima da Páscoa são os chocolates próprios para cachorro. Feitos sem cacau ou açúcar, esses petisquinhos tem lá um gostinho de chocolate parafinado (é… eu já provei!). Mas não ultrapasse os 10% do peso que seu peludo come por dia! Eu costumo dar uns 2 só. E, na real, chocolate não faz diferença nenhuma na vida do seu cachorro. Pode dar uma frutinha (só lembre-se de olhar quais são permitidas!) que ele vai ficar feliz do mesmo jeito!

Então já sabe, nada de “deixar cair” um chocolatinho só pro seu cãozinho. Apesar de não parecer, ele te agradece! 😉

Conhece nossa Fanpage? Ouvi dizer que vai ter foto da galerinha em clima de Páscoa por lá!

Favorito do mês: BANHO

Sempre ouvi muito sobre usar apenas a mesma linha de produtos para que os produtos façam efeito. Tentei muitas marcas e meu arsenal de shampoos, condicionadores e afins está imensa. Usando isso e aquilo fui reparando que eu tinha um shampoo do qual gostava mais, um condicionador de outra marca, hidratante de outra… Então resolvi usar tudo o que mais gosto em um único banho e amei o resultado. mix     got hair action Primeiro usei o Shampoo Got Hair Action, da All System. Ele, em conjunto com o condicionador e o leave-in dessa linha, promete um pêlo mais liso, secagem mais rapida e proteção para altas temperaturas (já que muitos groomers usam chapinhas nos cães). Usei o kit e achei que o pelo ficou meio pesado, gosto mais de pêlos esvoaçantes, mas adorei  a limpeza do Shampoo e o fato de ele não ter cheiro forte.   rosto professional formulaEm seguida, usei o shampoo clareador Professional Formula Whitening/Brightening da All System. Ele promete pêlos brancos sem manchas, brilho e realce dos pêlos coloridos e remoção de odores mais fortes Usei aliado ao Got Hair como segunda lavagem. Meu macho tem pêlo branco, dourado e preto e passei nele todinho sem medo de ser feliz e não me arrependi. Ele tem tirado as manchas amarelas, o dourado e o preto tem ficado com muito mais brilho e o odor que fica de xixi com o passar da semana some (ele levanta a pata para fazer xixi e muitas vezes suja o pêlo, que é comprido). lado 2 desmaio do fiohydra TDepois, usei uma dupla, o creme de hidratação de Ojon e Monoi Desmaio do Fio da Ibasa e o Hydra T da Pet Society. Passo primeiro o Ibasa e massageio bem, em seguida espirro o Hidra T e deixo agir por 10 minutos. O Desmaio do Fio promete um pêlo mais hidratado e liso e o Hydra T promete um efeito de queratinização no pêlo. Dai você me pergunta “por que usar os dois ao mesmo tempo?” e respondo, não sei… rs, na verdade gosto de usar o Hydra T junto ao hidratante para em primeiro diminuir o tempo de espera do cão no banho e em segundo para espalhar melhor o hidratante. Não sei se isso ajuda ou atrapalha, mas para mim vem dando certo… rs. lado hidrat systemPor último, usei a ampola Hidrat System da PetSmack. Ele promete uma hidratação profunda e tem o formato leave-in. Usei na secagem, diluido da forma que o fabricante pede, e senti pêlos mais macios e sem o peso de leave-in normal.   Fiz praticamente um coquetel de produtos e posso dizer que, assim como cada cão tem um pêlo diferente do outro, cada produto faz um efeito diferente sendo o kit ou sendo um mix.

 

 

Já curtiu nossa Fanpage? Corre lá!

Enriquecimento ambiental

Todo mundo sabe que os cachorros precisam gastar energia. Deixar o bichinho sozinho o dia inteiro e esperar que ele se vire enquanto você está fora é a receita pra ter um cão estressado, entediado e disposto a fazer todo o tipo de arte, como roer os móveis, rasgar o sofá, desenrolar o papel higiênico e tantos outros hábitos nada agradáveis.

20140318-181539.jpg

Assim, enquanto estiver fora, que tal usar técnicas de enriquecimento ambiental? Garanto que o peludo ficará muito mais feliz e equilibrado, terá uma energia mais calma e a convivência familiar se tornará cada vez mais gostosa.

O enriquecimento ambiental consiste em simular situações que proporcionem estímulos físicos e mentais semelhantes aqueles que o cão encontraria caso ainda vivesse na natureza. Calma! Isso não significa que você deverá trazer a floresta para dentro de casa! Você deve apenas deixar o local onde seu bichinho vive menos óbvio, de modo que ele enfrente algumas surpresas diárias enquanto come, brinca e aguarda sua volta do trabalho.

Que animal não adora brinquedos? Varie os brinquedos disponíveis – cães gostam de novidades! Use cordas para amarrar bolinhas/pneuzinhos/gravetos no alto, de modo que fiquem pendurados e balancem quando o cão for puxar. Use brinquedos de “busca”, ou seja, brinquedos escondidos dentro de outros brinquedos, que o cão precise retirar se quiser usar.

image_1

E na hora da alimentação? Oferecer a ração em potinhos é simples e cômodo para o dono, porém não estimula em nada o animal. Já pensou em esconder os grãos de ração pela casa, e deixar que o peludo saia à “caça” quando estiver com fome? Isso sim é estimulante e divertido! Convém variar os esconderijos, começando de forma bastante simples (ex.: embaixo de uma almofada) e aumentando a complexidade à medida que o cão evolui (ex.: no interior de um brinquedo).

Se você não tem tempo ou disposição para esconder os petiscos todos os dias antes de ir pro trabalho, pode usar brinquedos/comedouros desenvolvidos especialmente para isso, como kong wobbler, pet ball e outros. Com eles o cão precisa vencer um desafio para receber a recompensa. Até mesmo uma garrafa pet serve para esse propósito! Faça furos no corpo da garrafa (deixe sem nenhuma ponta antes de dar para o animal), coloque a ração dentro e deixe seu peludo se divertir enquanto tira os grãos do seu interior!

Se quiser estimular ainda mais o seu bichinho, você pode usar elementos como tocas, caixas e obstáculos espalhados pelo caminho. Ele vai adorar subir e descer rampas, se abrigar dentro das tocas, rasgar as caixas… Sim, é importante deixar o pet ser pet! Como resultado, você terá um animal mais calmo, inteligente e feliz.

image (13)

Curta nossa Fanpage

O todo poderoso: Herbalvet

Com dois cachorros dentro de casa, o que seria da minha vida sem esse produto? O Herbalvet é simplesmente perfeito e vale cada centavo, porque dura muito.

De acordo com a marca:

HERBALVET T.A. é indicado na desinfecção e desodorização de ambientes em geral, clínicas e hospitais veterinários, canis, gatis, etc; e ainda em mesas de atendimento e cirúrgicas, instrumentais cirúrgicos, lâminas de tosa, aventais e outros materiais. HERBALVET T.A. possui ação bactericida, fungicida e viricida, não é corrosivo, não mancha tecidos e é altamente seguro.

HERBALVET T.A. deve ser diluído na água, na dosagem de 1 ml do produto para 500 ml de água, ou seja, 10 ml em 5 litros de água e aplicado na superfície ou material a ser desinfetado.

O produto não deve ser utilizado com nenhum outro agente de limpeza, pois esta associação pode afetar sua ação desinfetante.

Ele é fabricado pela Ouro Fino, que já está há quase 27 anos no mercado e é 100% nacional, sendo uma das maiores e mais modernas empresas de produtos veterinários. Já experimentei outros produtos da Ouro Fino, e fica dica: eles são de ótima qualidade.

Bom, voltando ao Herbalvet, o que eu posso dizer dele? É ele que me salva todos os dias! Quem tem cachorro em casa sabe que uma hora aquele cheiro forte começa a agredir nosso olfato…

Lá em casa, faço geralmente uma garrafa de 5l para limpar a casa toda ou de 1l quando vou limpar somente o meu quarto. Primeiro varro o local, depois passo um pano só com água e depois venho com um borrifador e espalho o Herbalvet por todos os cantos, e com um pano limpo vou esfregando o chão. O cheiro fica maravilhoso, ele é fresco, dá aquela sensação de limpeza. Na minha casa o piso é de madeira e nunca manchou ou algo do tipo, então acho que quanto ao piso não tem nenhuma contra-indicação.

Outro uso muito comum é para limpeza do sanitário ou pipidollys. Limpo com água e depois borrifo o Herbalvet, e o cheiro que ali estava desaparece na hora – sério, gente, esse produto é mágico.

Ele também pode ser utilizado para limpar aquele pano de chão que por ventura tenha sido usado para enxugar a urina do seu cão. Aquele que você acha que nunca mas será salvo, porque o cheiro está tão forte que parece impossível de tirar. Sim, é possível! É só você deixar uns 30 minutos num balde com a solução do Herbalvet que aquele odor forte some, depois você lava com sabão e pronto: está salvo o pano.

Muita gente usa também para limpar comedouros, bebedouros e brinquedos. Nunca usei com essa função, e nem sei porquê. Pra mim, essa é uma ótima ideia, já que ele é desinfectante, podendo ser mais uma garantia de limpeza.